• Danilo assina carta-compromisso em defesa do SUAS

    O deputado federal Danilo Cabral, presidente da Frente Parlamentar em Defesa do SUAS (Sistema Único de Assistência Social) assinou carta-compromisso com a luta para a recomposição do orçamento da Assistência Social, cortado pela metade no Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2019. O documento está sendo entregue por representantes das entidades ligadas à área aos candidatos pernambucanos nas eleições deste ano.

    A proposta orçamentária do governo federal para o próximo ano apresenta um corte de R$ 30 bilhões, o que representa 50% do valor necessário para o pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) para pessoa idosa e pessoa com deficiência. Caso isso ocorra, mais de dois milhões de pessoas deixariam de receber o benefício previsto na Constituição. Em Pernambuco, de acordo com a Frente Pernambucana em Defesa do SUAS, cortados 160 mil beneficiários.

    Também, segundo a Frente Pernambucana, no âmbito de serviços e da gestão, o projeto de lei apresenta um déficit de R$ 1,1 bilhão dos recursos necessários para manter a rede existente em funcionamento, com destaque para os serviços de proteção social básica, que custeia os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). Também haverá, se a proposta for aprovada, cortes no Bolsa Família, estimados em mais de 575 mil famílias em Pernambuco. Atualmente, o programa atende 1,1 milhão de famílias no estado, representando cerca de 35% da população pernambucana.

    De acordo com Danilo Cabral, o anúncio de cortes no orçamento da assistência social acontece no momento em que o cidadão brasileiro precisa de mais de proteção social em função da crise econômica que o País atravessa. "Essa crise tem penalizado, sobretudo, a população mais vulnerável e o governo do presidente Temer comete mais um crime, cortando recursos da área", critica o parlamentar.

    O deputado afirma que, da mesma forma que a Frente Parlamentar em Defesa do SUAS atuou para a recomposição do orçamento da assistência social no ano passado, após corte de 98% promovido pelo governo federal, lutará para mobilizar a sociedade e o Congresso Nacional para não permitir a retirada de recursos da área. Ele destaque que, além dos cortes, é grave a situação do orçamento ainda de 2018. O Ministério do Desenvolvimento Social informou que não havia orçamento disponível para empenhar as despesas de cofinanciamento a estados e municípios necessárias para os meses de outubro, novembro e dezembro.

    "Isso é mais uma consequência do teto dos gastos, que congelou o orçamento da educação, a saúde e assistência social", declarou Danilo Cabral. O deputado é autor da Proposta de Emenda à Constituição, a PEC 383/17, que visa fortalecer o SUAS, propondo que a União aplique, anualmente, nunca menos de 1% da Receita Corrente Líquida do respectivo exercício financeiro no financiamento do Sistema. "Seria uma forma de acabar com a instabilidade que ameaça o Sistema, estabelecendo uma vinculação na Constituição para acabar com a instabilidade que ameaça o Sistema", explica o deputado.

    A discussão sobre a Lei Orçamentária Anual, no Congresso Nacional, ocorrerá com a volta das atividades legislativas após as eleições. O prazo para a apresentação de emendas tem início no próximo dia 1º. 

  • Paulo e Armando sobem o tom e trocam acusações em debate

    Os candidatos ao governo de Pernambuco subiram o tom uns contra os outros no debate promovido pela TV Jornal nesta terça-feira (25). O senador Armando Monteiro Neto (PTB) e o o governador Paulo Câmara (PSB), que estão à frente nas pesquisas de intenções de voto, trocaram farpas e acusações mesmo quando não estavam fazendo perguntas entre si.

    Dani Portela (PSOL) e Maurício Rands (Pros) também criticaram os adversários, escolhendo o socialista como principal alvo. As alianças eleitorais foram questionadas. Apesar dos embates, este debate foi mais propositivo do que os encontros anteriores, apresentando projetos – nem todos concretos – dos candidatos para áreas como infraestrutura, economia, saúde, educação e segurança. Além disso, o tema das operações Lava Jato, Fair Play e Torrentes, abordado no guia eleitoral do petebista nessa segunda-feira (24), não foi usado no debate

    .Fonte: Jamildo

  • PESQUISA: Paulo Câmara (PSB) permanece na liderança das intenções de voto

     

    O governador Paulo Câmara (PSB) permanece na liderança das intenções de voto para o Governo do Estado, na terceira pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) em parceria com a Folha de Pernambuco.

    No levantamento feito entre os dias 22 e 23 desse mês, Paulo aparece com 36%, enquanto o segundo colocado, Armando Monteiro Neto (PTB), tem 26% das menções. Ambos oscilaram apenas um ponto percentual e mantiveram uma diferença de 10 pontos.

    Usando uma metodologia face a face, o Ipespe ouviu 800 pessoas abordando critérios de sexo, idade, localidade, renda familiar, instrução e condição do município. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o índice de confiança é de 95%, o que significa que a pesquisa tem uma probabilidade de 95% de representar a realidade. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo PE-04472/2018.

  • Duque emite nota de pesar pela morte da mãe Sebastião Oliveira

    A Prefeitura Municipal de Serra Talhada, por meio do prefeito Luciano Duque, servidores municipais e toda equipe de governo, vem a público lamentar profundamente o falecimento da senhora Célia Maria Andrada Oliveira, mãe do deputado federal Sebastião Oliveira e do advogado Waldemar Oliveira, ocorrido na manhã desta terça-feira (25), aos 76 anos, no Recife.

    Neste momento de profunda tristeza e dificuldade, o Governo Municipal externa seus votos de pesar e solidariedade a todos os familiares e amigos, ao mesmo tempo em que deseja que dona Célia Maria seja recebida na glória eterna.

    Governo Municipal de Serra Talhada

    Prefeito Luciano Duque

  • Lideranças políticas se unem à Frente Popular em apoio a Paulo Câmara

    A Frente Popular de Pernambuco promoveu ontem, no Recife, ato de apoio à chapa do governador Paulo Câmara (PSB). Segundo a assessoria, cerca de três mil lideranças de todas as regiões do Estado lotaram a casa de recepções Rose Beltrão, em Recife, para reafirmar o compromisso com o projeto que tem feito o Estado avançar. O grupo contou com a participação de prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos, deputados estaduais e federais, vereadores e lideranças municipais que se uniram com o objetivo de fortalecer a campanha de Paulo na reta final do pleito.

    Entusiasmado e convicto da vitória no dia 07 de outubro, o governador destacou que, no seu próximo mandato, não faltará disposição para fazer ainda mais pelo povo pernambucano. Ele pediu o empenho de todos para construir uma bonita vitória. “Vocês sabem que têm um governador preparado e determinado a fazer um Pernambuco melhor, que chegue a todos e que vai chegar pelas mãos de vocês, com nossas parcerias, com nosso trabalho, com a ajuda de vocês e com a ajuda do nosso povo. Sem descansar! Até o dia 07 vamos em frente, vamos pegar no serviço, vamos ganhar”, cravou.

    Paulo também lembrou que, nesses últimos 13 dias de campanha, o time da Frente Popular precisa levar a verdade à população pernambucana, falando sobre o trabalho feito em áreas importantes, como educação, segurança, infraestrutura hídrica e saúde. O socialista ainda destacou que esse é o lado de Miguel Arraes, Eduardo Campos, Lula, Haddad e, sobretudo, do povo. “Temos que falar a verdade de quem está contra nós, daquele que passou 20 anos no Congresso e aprovou um único projeto. E agora quer fazer em Pernambuco o que? Temos que seguir em frente. Conto com esse time que nunca falhou, que vai continuar em frente. Todos nós sabemos quem Eduardo escolheu para disputar as eleições em 2014. Agora querem continuar enganando o povo, mas essa tropa vai nos ajudar”, completou.

  • Bolsonaro permanece líder na disputa, segundo Ibope

    O Ibope divulgou, nesta segunda, o resultado da mais recente pesquisa de intenções de voto à Presidência da República. O candidato Jair Bolsonaro (PSL) permanece na liderança da disputa, com 28%. Em seguida, aparece o petista Fernando Haddad, com 22% das intenções de voto.

     
    Em comparação a última pesquisa divulgada no dia 18, Ciro Gomes (PDT) manteve o mesmo percentual - 11%. O tucano Geraldo Alckmin (PSDB), embora crescendo um ponto, permanece na quarta posição, com 8%.

    Na sequência, Marina Silva (Rede) atinge os 5% das intenções de voto, seguido por João Amoêdo, 3%, Alvaro Dias, 2%, Henrique Meirelles, 2%, Guilherme Boulos, 1%. Cabo Daciolo, Vera, João Goulart Filho e Eymael não pontuaram na pesquisa. Brancos e nulos contam com 12% das intenções, já indecisos, 6%. 
     
    O levantamento Ibope/TV Globo/Estado de S.Paulo ouviu 2.506 eleitores entre sábado (22) e domingo (23). O nível de confiança da pesquisa é 95%, registro no TSE: BR-06630/2018. A margem de erro é 2 pontos, para mais ou para menos. 

  • Disparada do petróleo pode elevar gasolina para R$ 5,80

    Devido à política de preços empregada pela Petrobras – de repasses automáticos das oscilações da cotação do petróleo –, consumidores brasileiros podem sofrer com uma alta adicional de 25% no valor da gasolina ainda este ano. Segundo especialistas na commodity, o barril pode chegar a 100 dólares até o fim de 2018. Mantidos os repasses automáticos, isso poderia elevar o preço médio da gasolina para algo próximo de 5,80 reais o litro.

  • Bandidos roubam dízimo de paróquia em cidade do Pajeú

    A paróquia de Nossa Senhora de Guadalupe, em Afogados da Ingazeira, no Sertão de Pernambuco, foi assaltada no fim de semana. De acordo com a Polícia Militar, testemunhas informaram que a caixa de madeira, onde era guardado o dízimo, estava quebrada e vazia.

    Ainda segundo a PM, a igreja não foi arrombada. A pessoa responsável pela paróquia não soube passar detalhes que pudessem ajudar nas investigações.

    A quantia levada pelos bandidos não foi divulgada. As informações sobre quem cometeu o crime, ou como teve acesso ao local, estão sendo investigadas pela Polícia Civil.

    Fonte: G1

  • Homem é morto a pedradas em Custódia

    Um homem de 23 anos foi morto a pedradas em Custódia, no Sertão de Pernambuco, na noite do sábado (22).

    Segundo a Polícia Civil, a vítima foi agredida e apresentava ferimentos na cabeça e no tórax no Centro do município. Ainda de acordo com a polícia, uma faca peixeira foi encontrada ao lado do homem.

    A motivação e a autoria do crime são desconhecidas, até o momento desta publicação. A Polícia Civil irá investigar o caso.

    Fonte: Farol de Notícias

  • Ciro descredencia Haddad: Quando ele vier saber onde é Salgueiro, acabaram os quatro anos

    O candidato à presidência da república Ciro Gomes (PDT), em agenda pelo Recife, fez críticas a Fernando Haddad, candidato pelo PT e que tem se mostrado a preferência dos pernambucanos nas pesquisas de intenção de votos. Segundo Ciro, o "amor ao Lula" se transformar em aposta em Haddad pode levar a um governo fraco, sem governabilidade e aponta para um candidato que desconhece o Nordeste e principalmente Pernambuco.

    "Dos 13 candidatos, sou o único que tem vida política no Nordeste. Isso é fato. Quando ele vier saber onde é Salgueiro, acabaram os quatro anos", declarou. As críticas se estenderam ao PT, inclusive na aliança com o governador Paulo Câmara (PSB), do partido que apoiou a retirada de Dilma em 2016. "O PT pensa primeiro no partido, depois no povo. O meu caso é o contrário", garantiu.

     

  • Sebastião Oliveira declara amor por Serra Talhada

    Imagem:Moisés Martins

    Sebastião Oliveira e Rogério Leão, deputados federal e estadual, respectivamente, escolheram o sábado (22) para visitar Serra Talhada. A opção pela data não foi em vão, tendo em vista que o 22 representa o Partido da República (PR), que, em Pernambuco, é presidido por Sebá.

    Muita gente se vestiu de azul para ouvir as propostas de Oliveira e Leão, que concorrem à reeleição. No bate-papo com a população, Sebastião destacou as  inúmeras ações que contemplaram a Capital do Xaxado nesta gestão do governador Paulo Câmara e que contaram com a sua participação efetiva e de Rogério. "Serra Talhada foi beneficiada com um volume de investimento robusto em várias áreas, como infraestrutura, transportes saúde e educação. Vamos continuar trabalhando para que a nossa cidade permaneça no mapa do desenvolvimento", destacou Oliveira. O republicano citou como exemplo, as obras de requalificação do aeroporto e do terminal rodoviário, de construção do Hospital Regional do Sertão, de restauração da estrada de Bernardo Vieira e também de abastecimento de água.

    Nesta reta final de campanha, a plateia foi motivada a intensificar o ritmo para eleger os candidatos da chapa majoritária da Frente Popular de Pernambuco, comandada por Paulo Câmara. "É importante eleger candidatos que estejam alinhados com o governador e que realmente queiram o melhor para o nosso estado. Estamos de chocalho fechado com este palanque que significa progresso, determinação e realização", ressaltou Sebastião Oliveira, que finalizou. "Esse encontro este sendo a vitamina que eu precisava no sangue rumo à vitória. Eu amo Serra Talhada".

  • Sinézio cumpriu agenda em Recife e RMR

    Da Assessoria

    O candidato serra-talhadense a deputado estadual, Sinézio Rodrigues, iniciou  cumpriu na última semana, agenda de campanha no Recife e região metropolitana, em busca de irradiar sua votação pelo estado.

    Às cinco da manhã, da última quarta-feira (19), realizou panfletagem na entrada da fábrica de borracha Arlanxeo, na BR 101, junto aos trabalhadores do Sindborracha.

    Logo após, encontrou-se com trabalhadores do Sindmetro-PE na CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos) em Cabo de Santo Agostinho para conversar sobre suas propostas direcionadas aos metroviários e ouvir as demandas.

    Após isso, Rodrigues foi recepcionado pela direção executiva do Sindmetro-PE. À tarde, a partir das 13h00, Sinézio terá agenda política.

    Em seguida, um encontro com a chapa eleita da direção do Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações de Pernambuco (SINTTEL-PE).

    A agenda em Recife e região acontecerá até domingo (23) quando o candidato retornará ao Sertão para dar continuidade as atividades de campanha destinadas a Serra Talhada e demais cidades.