• Prefeito de Afogados defende o fortalecimento das relações institucionais

    O Prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, toma posse logo mais, às 17h, para mais um mandato à frente da Associação Municipalista de Pernambuco, conduzido em chapa única e por aclamação.

    Logo cedo, o Prefeito Patriota prestigiou a abertura do XVII Fórum Estadual dos Dirigentes Municipais de Educação, que ocorre no Centro de Convenções, em Olinda. Atendendo a um convite da União dos Dirigentes Municipais de Educação, entidade organizadora do evento, o Prefeito de Afogados falou sobre os diversos programas da área da educação que são subfinanciados, como transporte e merenda escolar. Patriota também defendeu uma maior integração dos debates travados por Secretários Municipais de Educação com a pauta discutida pelos Prefeitos.

    "Precisamos fortalecer as nossas relações institucionais. Estamos no mesmo barco, combatendo o mesmo bom combate, de fortalecer e qualificar a educação ofertada nos municípios," destacou José Patriota. Ele esteve acompanhado da Secretária de Educação de Afogados, Veratânia Morais. Segundo a Secretária, na virada do ano houve uma renovação de 80% do quadro de dirigentes municipais de educação. "Esse é um evento de boas vindas, mas também de nivelamento do papel da entidade na formação dos gestores, nos temas relevantes da área e na luta por uma educação pública com qualidade social," informou Vera. 

    O encontro da UNDIMES segue até quarta-feira, quando será escolhida a nova direção executiva da entidade. 

     

  • Serra Talhada realizou mais de 30 mil atendimentos noturnos em um ano

    Em apenas um ano de funcionamento, o plantão noturno implantado pela Secretaria Municipal de Saúde de Serra Talhada já realizou mais de 30 mil atendimentos nas Unidades de Saúde da Família (USF) do Alto da Conceição, Vila Bela e Bairro Bom Jesus.

    A ação é pioneira na região e visa democratizar ainda mais o acesso ao serviço de saúde pública de qualidade, especialmente para as pessoas que trabalham durante o dia e não tem tempo de procurar as unidades de saúde. O plantão noturno funciona das 18h às 21h  e oferece atendimento médico, odontológico, de enfermagem, citologia e marcação de mamografias.

    "A disponibilização do atendimento noturno nessas três unidades mostra o compromisso do governo com a saúde de nossos munícipes, principalmente das pessoas que trabalham durante o dia e tem mais dificuldades para procurar as unidades de saúde para consultas, exames, tratamento odontológico, por isso decidimos ampliar o serviço e obtivemos um resultado satisfatório", explica o prefeito Luciano Duque.

    O atendimento noturno acontece de segunda a sexta-feira no Alto da Conceição, às segundas e quartas no Bairro Bom Jesus e às terças e quintas no Vila Bela.

  • Governo de PE libera R$ 773 mil do FEM para 9 municípios do Pajeú

    O Governo do Estado liberou R$ 1,94 milhão em recursos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM) para 15 municípios das regiões de desenvolvimento (RDs) do Sertão do Pajeú (R$ 773,18 mil), Sertão do Itaparica (R$ 307,05 mil) e Sertão do Moxotó (R$ 482,43 mil). Os recursos estão sendo empregados em obras como reforma e ampliação de praças e hospital, perfuração de poços, construção de estádio, reforma de quadras poliesportivas e pavimentação de ruas.

     

    Outras liberações estão previstas para os próximos dois meses. Todas as prefeituras que estiverem em dia com suas prestações de contas do fundo irão receber. "A ordem do governador é para zerar todas as pendências do FEM. Tem muita pendência que não é do Estado, mas é do município. Mas o que for pendência financeira nossa, o desejo do governador é zerar", explica o secretário executivo de Apoio aos Municípios da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), Adilson Gomes Filho.

     

    Com essa liberação sobe para R$ 129,14 milhões o total de recursos do FEM já repassados somente durante o governo Paulo Câmara. As parcelas são liberadas na medida em que as prefeituras vão prestando contas de cada etapa dos planos de trabalho. Ao todo, o fundo está injetando R$ 732 milhões em investimentos em todos os municípios do Estado, animando a economia local e gerando empregos. Confira abaixo o detalhamento das liberações para cada uma das três RDs:

     

    Pajeú – Para o Sertão do Pajeú foram liberados R$ 773,18 mil, sendo R$ 211,3 mil para o município de Tabira; R$ 17,17 mil para Santa Cruz da Baixa Verde (reforma e ampliação da praça do distrito de Jatiúca); R$ 231,68 mil para Flores (construção de pátio de eventos); R$ 152,69 mil para Carnaíba (perfuração de poços e pavimentação em paralelepípedos); R$ 62,79 mil para Serra Talhada (reforma da praça e dos canteiros); R$ 25,13 mil para Tuparetama (ampliação e reforma do hospital); R$ 72,37 mil para São José do Egito (perfuração e instalação de poços tubulares); R$ 243,92 mil para Itapetim (construção da murada do Centro da Mulher e contratação de empresa para construção de ponte rodoviária); e R$ 138,03 mil para Brejinho (construção da praça central).

     

  • Serra Talhada promove 1º Seminário de Educação Inclusiva sobre Síndrome de Down

    Prefeitura de Serra Talhada realiza na próxima sexta-feira, 31 de março, o "1º Seminário de Educação Inclusiva: Diga Não ao Preconceito, Ser Diferente é Normal", promovido pelo Centro de Atendimento Especializado da Educação, da Secretaria Municipal de Educação. O foco do seminário é discutir a inclusão escolar das crianças com Síndrome de Down, em virtude do Dia Internacional da Síndrome de Down, 21 de março.

    "Nós vamos discutir junto com as famílias a inclusão escolar, principalmente das crianças portadoras de síndrome de Down. Um momento onde essas famílias poderão compartilhar suas experiências de inclusão, discutir os desafios e compartilhar aprendizados", explica Núbia Sampaio, coordenadora do Centro de Atendimento Especializado da Educação.

    O seminário vai acontecer no CEU das Artes, na Caxixola, a partir das 08h, e será aberto ao público. Haverá palestra sobre a inclusão das crianças com Síndrome de Down, apresentações, exibição do filme "Filho Eterno", recreação e produção de um documentário com as famílias participantes.

  • Danilo Cabral diz que medidas fragilizam trabalhadores

    Ao analisar a Reforma Trabalhista, o deputado federal Danilo Cabral (PSB-PE) afirma que a essência da pauta em tramitação no Congresso Nacional é a "retirada de direitos dos trabalhadores".  O projeto de lei, apresentado pelo Governo Federal, flexibiliza a legislação trabalhista e traz mudanças, como a prevalência dos acordos entre empresas e empregados sob o legislado. Crítico ao texto, o parlamentar apresentou cinco emendas, visando aperfeiçoá-lo.  

    "O momento atual é de preservar o trabalhador e não de fragilizá-lo. Vivemos um momento de crise, com um número alarmante de desempregados – mais de 12 milhões -, então, é hora de preservar os direitos da classe trabalhadora", justifica Danilo Cabral.  O deputado destaca que é preciso evitar o que ocorreu com a votação da terceirização na semana passada. "A aprovação do projeto abriu a possibilidade para a precarização dos trabalhadores terceirizados", comenta.

    Em linhas gerais, as emendas dele tratam de proteger o regime de trabalho temporário; assegurar o legislado sob o acordado, ou seja, o que está previsto em lei continuar a ter preponderância sobre o que foi objeto de acordo em negociações trabalhistas. "E caso o negociado prevaleça, é preciso ter um rito para legitimar o que será objeto negociado", acrescenta Danilo Cabral. Além disso, visam garantir a efetiva participação dos trabalhadores nos processos de negociação coletiva; preservar as relações de trabalho em jornada de tempo integral, bem como proteger os trabalhadores em regime de tempo parcial de carga horária abusiva.

    Danilo Cabral lembra que as atuais leis trabalhistas existem com o objetivo de assegurar as condições mínimas de dignidade humana aos trabalhadores. O direito ao intervalo intrajornada respeitando o limite mínimo de uma hora, os limites de horas impostos sobre a jornada diária, as garantias sobre o direito a férias, e as demais garantias previstas pela Constituição e pela CLT, são, segundo ele, o mínimo exigido para assegurar o equilíbrio na relação entre o trabalhador e o empregador. "É inadmissível, sob qualquer hipótese, que qualquer proposta autorize a redução desses direitos", afirma o deputado.

    O Projeto de Lei Nº 6.787/16, chegou ao Congresso em dezembro de 2016, às vésperas do Natal, mas a Comissão Especial destinada a analisá-lo foi criada em fevereiro deste ano. Danilo Cabral é membro suplente desta Comissão. A matéria recebeu mais de 840 emendas, sendo cinco de deputado. Só outros dois pernambucanos – Marinaldo Rosendo (PSB), Augusto Coutinho (SD) e Fernando Monteiro (PP) – apresentaram emendas.

    O relator da proposta, deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), promete apresentar o parecer antes do feriado da Páscoa, nos dias 12 ou 13 de abril. Ele avalia que a votação da matéria na Comissão Especial será no início de maio. Qualquer cidadão pode fazer sugestões ao relator da reforma trabalhista. O prazo para isso vai até o dia 30 de abril, através do portal da Câmara dos Deputados.

  • “Reforma não pode tirar direitos dos trabalhadores”, diz Armando no LIDE-PE

    O senador Armando Monteiro (PTB) participou, nesta segunda-feira (27), de um seminário promovido pelo LIDE-PE, em que tratou de temas ligados à Reforma Trabalhista. O evento, presidido por Drayton Nejaim, contou com a presença do ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, que ministrou palestra sobre os desafios de uma nova legislação trabalhista no Brasil. Para Armando, o País precisa enfrentar uma agenda de reformas, de modo que possa gerar mais empregos e assegurar a retomada do econômico, mas sem retirar direitos dos trabalhadores.

     

    Sobre o olhar da Reforma Trabalhista, Armando Monteiro defende que o Brasil precisa moldar as instituições para que o mercado de trabalho seja mais dinâmico, gere empregos e possa assegurar o crescimento econômico. "Mas tudo isso sem ferir os direitos dos trabalhadores. Isso é um ponto fundamental. Não se pode promover reformas para precarizar ou para subtrair direitos dos trabalhadores", assinalou o parlamentar. 

     

    O petebista afirmou que é preciso promover mudanças na legislação de modo a oferecer um marco jurídico e ambiente de maior flexibilidade, de forma que o Brasil possa ter um sistema mais dinâmico.

     

    "No ambiente das relações do trabalho, todos reconhecem que o País precisa promover uma modernização das relações porque o mundo do trabalho mudou em função do impacto de novas tecnologias, das novas formas de trabalho, da especialização crescente, da fragmentação do trabalho. É evidente que temos que atualizar o marco legal. O que se constata é que a lei não tem mais a capacidade de poder se moldar às mudanças que ocorrem com grande velocidade no mundo do trabalho. Eu considero absolutamente necessário que o Brasil avance nessa agenda", disse.

     

    Armando Monteiro pontuou, por fim, que o Congresso Nacional terá um papel fundamental nessa agenda de reformas, de modo a aperfeiçoar as propostas e promover um debate amplo.

     

  • Acesso ao município de Floresta será restaurado

    Durante o encontro, nesta segunda-feira (27), entre o Secretário de Transportes Sebastião Oliveira do PR, o prefeito de Floresta, Ricardo Ferraz e o superintendente regional do DNIT-PE, Cacildo Cavalcante, e de Osvaldo Menezes, diretor da Consultoria MKS ficou acertado que o DNIT vai realizar a obra de restauração do acesso ao município pela BR-316, que possui 1,4 quilômetro de extensão. Além disso, a via será contemplada com a instalação das sinalizações vertical e horizontal.

    Na ocasião, os gestores confirmaram a ida a Brasília, na próxima quarta-feira (29), onde serão recebidos pelo ministro dos Transportes, Maurício Quintella. Sebastião Oliveira e Ricardo Ferraz vão bater o martelo sobre a duplicação do mesmo trecho.

    "É um antigo pleito da população que está sendo atendido. Este acesso é muito importante, pois liga Floresta à PE- 425, que leva a Carnaubeira da Penha e a Mirandiba, dois importantes municípios sertanejos", explicou Oliveira.  

    O prefeito Ricardo Ferraz destacou a conquista. "A obra será um grande presente para Floresta, que faz aniversário em junho. Vamos recepcionar os visitantes com o acesso à cidade em excelentes condições", destacou Ferraz.

  • Governador promete liberar 123 milhões para municípios sertanejos

    Durante a primeira edição do seminário “Pernambuco em ação” nos municípios de Afogados da Ingazeira, Petrolândia e Arcoverde, neste último final de semana, o governador Paulo Câmara prometeu liberar R$ 123 milhões para cidades das três regiões.

    Os recursos, caso sejam mesmo liberados, deverão ser investidos em educação, saúde, recursos hídricos, estradas, construção de novas escolas, reforma de praças, quadras poliesportivas, etc.

    Os recursos são provenientes do FEM (Fundo de Apoio aos Municípios), cuja liberação está atrasada há mais de dois anos porque o Governo do Estado estava em “caixa” para honrar os compromissos que havia assumido com os prefeitos.

    O anúncio animou também os prestadores de serviço das áreas de segurança, conservação e limpeza, que estão sem receber do Governo do Estado há pelo menos 90 dias.

    Acompanharam o governador neste primeiro seminário do “Pernambuco em ação” os deputados estaduais Rodrigo Novaes (PSD), Isaltino Nascimento (PSB), Eduíno Brito (PP), Ricardo Costa (PMDB), Waldemar Borges (PSB), Joaquim Lira (PSD), José Maurício (PP), Laura Gomes (PSB), Rogério Leão (PR) e Diogo Moraes. E os deputados federais André de Paula (PSD), Fernando Monteiro (PP), João Fernando Coutinho (PSB), Gonzaga Patriota (PSB) e Kaio Maniçoba (PMDB), além do senador Fernando Bezerra Coelho (PSB).

    Fonte: Inaldo Sampaio

  • Primeira morte por afogamento é registrada em canal da transposição

    Um homem identificado Jurandir Silva, o Dudão, morador do Sítio Lage da Onça, foi a primeira pessoa a morrer por afogamento nas águas do Canal  da Transposição em Sertânia. Ele mergulhava com amigos  na tarde deste domingo (26).

    O fato aconteceu na barragem Campos no sítio Caldeirão, município de Sertânia. Os relatos dão conta de que Jurandir mergulhou e não voltou à superfície. Os banhos são proibidos nos canais e barragens na área da Transposição em todo o seu curso.

    O Ministério da Integração costuma informar que é proibido o banho em spots nas emissoras de rádio por onde passa o canal. Em vão. Desde o período carnavalesco, flagrantes indicam a presença de um grande número de pessoas mergulhando na área. O risco existe porque em algumas situações o volume de água sobre muito rapidamente.

    Para se ter uma ideia, a última estação de bombeamento do Eixo Leste deve entrar em operação plena nesta  quarta-feira (29). A EBV-6 aguarda a instalação da segunda motobomba, que estava em fase de testes. “Com as duas em operação, a vazão da água no leito do rio Paraíba, em Monteiro (PB), será duplicada, atingindo 9 metros cúbicos por segundo. Os reservatórios Campos (onde ocorreu o acidente) e Barro Branco estão em fase final de enchimento. Com a chegada da nova motobomba, o manancial receberá o volume total previsto no projeto”, diz o Ministério em nota.

    Ou seja, o volume vai aumentar ainda mais. O problema é a falta de fiscalização: nem federação, nem estado, nem municípios tomam de conta…

    Fonte: Nilljunior

  • Manifestantes ‘enterram’ políticos em Brasília

    Uma das principais pautas de reivindicação dos manifestantes de Brasília repudiava a lista fechada, que vem sendo defendida por vários políticos. No alto de um carro de som, a coordenadora do movimento Vem Pra Rua, Juliana Dias, discursou contra o modelo eleitoral proposto no Congresso, que considera “a coisa mais antidemocrática que existe”.

    “Lista fechada é contra a democracia. É votar no partido e não mais nas pessoas e eles põem lá dentro quem eles quiserem. Essa é a principal pauta do dia”, explicou. No modelo, defendido pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, dentre outros parlamentares, os partidos definem previamente os nomes que estarão na disputa e o eleitor vota no partido e não mais no candidato.

  • Polícia registra homicídio em Sta Cruz da Baixa Verde

    Policiais Militares da GT de Santa Cruz da Baixa Verde-PE/14º BPM receberam a informação de populares sobre um cadáver no Sítio Boa Esperança. No local, os militares constataram a veracidade da informação, isolaram o local e acionaram a Polícia Civil. Segundo os militares, a vítima de 54 anos, se encontrava com um corte no pescoço, provavelmente por um objeto perfuro cortante. O corpo foi removido pelo IML para realização da Perícia.

  • Sebastião diz que vai buscar segundo mandato para federal e que relação com Luciano é ‘muito boa’

    Ainda comemorando o bom desempenho da legenda que comanda em Pernambuco. Sebastião Oliveira (PR), auxiliar de Paulo Câmara (PSB) na pasta de transportes, enquanto aliados de primeira hora dão como certo a sua presença como vice de Câmara no ao vindouro; ao falar com Júnior Campos na última quinta-feira (23) em Afogados da Ingazeira, o deputado federal licenciado assegurou que o seu projeto político é permanecer com o assento na Câmara Federal.

    “A gente não discute esse negócio de candidatura. O líder é Paulo Câmara. Quem vai escolher no momento certo é ele. Em respeito a ele e ao vice-governador Raul Henry, eu sou candidato à reeleição para deputado federal. Trabalhei nisso em 2016 com as pessoas que ajudei no estado, tenho um partido que saiu bem em 2016 sendo o segundo melhor partido em número de prefeitos e vereadores”, reforçou Sebastião e acrescentou:

    “Nós temos responsabilidade com o PR e temos como secretário, com o governador Paulo Câmara que está fazendo um brilhante trabalho, precisamos respeitar esse momento e 18 a gente discute em 18”.

    Quanto questionado sobre a aproximação com o prefeito Luciano Duque (PT), e um possível embate com o prefeito no pleito para deputado federal, Sebastião Oliveira, apesar de confirmar trégua de pé de guerra com o prefeito, não deixou de finalizar farpeando o adversário político.

    “Nossa relação está muito boa. Eu Luciano estamos fazendo uma parceria administrativa muito boa, ele tem a liberdade para ser candidato ao que quiser, mas eu acho que ele acabou de eleger e tem que cuidar da pauta administrativa do que política”, criticou.