Duque: Se tivesse tido mais tempo, com certeza ela (Marília) seria majoritária


O Prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque do PT, analisou durante entrevista a Anderson Tennens, o desempenho dos candidatos que receberam seu apoio na cidade.

Duque disse que apesar do agora ex deputado Augusto César não ter sido reeleito, "ele estava triste, mas ao mesmo tempo ciente de que seu grupo deu uma expressiva votação a ele. O que não contribuiu foi a parte de fora", frisou o Prefeito.

Com relação à Marília Arraes, que foi a segunda Deputada Federal mais votada no estado, recebendo mais de 11.000 votos com o apoio de Luciano só em Serra, o gestor ressaltou que "se tivesse tido mais tempo, com certeza ela seria majoritária em Serra Talhada", afirmou Duque justificando que esteve a maior parte do tempo focado em administrar o munincípio.

As ponderações do gestor petista da Capital do Xaxado batem com a realidade de que Dedinha Inácio, Jaime Inácio, Pinheiro do São Miguel e Rosimério de Cuca, vereadores que aderiram fortemente à campanha de Sebastião Oliveira, não conseguiram refletir e nem transferir seus votos para seu candidato, que ficou com uma base de 5.000 votos a menos em relação à votação que o mesmo obteve em 2014.