"Infeliz e de péssimo gosto", dizem rapazes sobre declaração com críticas ao Nordeste


Depois de ter as imagens divulgadas na redes sociais em que faz críticas às regiões Norte e Nordeste, o empresário Lucas Campos, de 32 anos, divulgou um nota em que pede desculpas pelas declarações gravadas em 30 de dezembro, que classificou como uma brincadeira "infeliz e de péssimo gosto". 

No vídeo de 51 segundos que viralizou nos últimos dias, o empresário aparece em uma roda de amigos comemorando a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) na disputa pela Presidência da República. 

“Ele (Bolsonaro) falou que é o seguinte: agora é faca na caveira; A gente não vai mais suportar esse pessoal do Acre, de Roraima, do Norte”, disse. O amigo Vinícius Raposo, veterinário de 29 anos, que veste uma camisa do Atlético mineiro, ainda completa: “Essa galera do Nordeste”. 

Em seguida, Lucas concorda: "Exatamente, a gente tá cansado de produzir e aí vai lá e mula e aí vai lá, não sei o que, não tem água...", declara. 

Na nota assinada pelos dois, eles dizem que em momento algum tiveram a intenção de agredir verbalmente “qualquer pessoa ou grupo de pessoas, tampouco quisemos expressar ali um sentimento de ódio, preconceito, discriminação ou incitação de violência. Nunca foi nossa intenção”. 

Em entrevista ao Estado de Minas, Lucas Campos afirmou que já recebeu várias ameaças por meio de mensagens nas redes sociais.