Bolsonaro cobra da PF explicações sobre facada que sofreu em Juiz de Fora


Em vídeo postado nas redes sociais neste domingo (10), o presidente Jair Bolsonaro cobrou da Polícia Federal explicações sobre o atentado a faca que sofreu em Juiz de Fora (MG), em setembro passado, durante a campanha presidencial. O autor da facada, Adélio Bispo de Oliveira, foi preso logo após o ataque, mas Bolsonaro acredita que ele agiu a mando de terceiros.

 
Após dizer que admira e tem orgulho da Polícia Federal, Bolsonaro afirma no vídeo que espera por explicações "nas próximas semanas". "Esse crime, esse ato terrorista, praticado por um ex-integrante do PSol, não pode ficar impune", afirma. E acrescenta: "Espero que a polícia mostre, com dados concretos, quem foi ou quem foram os responsáveis por determinar que o Adélio praticasse aquele crime lá em Juiz de Fora, em setembro passado".