Por unanimidade CMST aprova contas de governo de Luciano Duque


Imagens: Sabrina Oliveira /Atualizado às 21h56

Por unanimidade, 17 ( dezessete) votos, as contas de governo do exercício financeiro de 2014 do prefeito Luciano Duque foram aprovadas, pela Câmara de Vereadores de Serra Talhada, nesta segunda - feira (11).

O ponto mais debatido e justificado pelos os veradores foi o item 5 do processo, PROCESSO TCE-PE N° 15100143-1, onde o relator Dirceu Rodolvo apontou que, o Município deixou de recolher R$ 1.095.412,63 de contribuições previdenciárias ao Regime Geral de Previdência Social (RGPS), sendo R$ 26.606,13 referentes aos repasses das contribuições dos servidores e R$ 1.068.807,50 referente à contribuição patronal.

Sinézio Rodrigues, por exemplo, que sempre acompanhou o TCE justificou o voto pela aprovação explicando que, não houve recomendação de devolução de dinheiro e que o gestor municipal, optou em honrar com o pagamento da folha do Fundo de Previdência Próprio, a quitar com o pagamento do regime geral.

"Ele fez a melhor escolha, sendo eu prefeito de Serra Talhada teria feito o mesmo".

Rosimério de Cuca, vereador de oposição, ao votar pela aprovação das contas de Duque, ao proferir o voto disse que, "votar contra Luciano Duque é votar contra 85% que aprova o seu governo".