Oito suspeitos de envolvimento na morte de PM em PE são mortos; um era vereador de Betânia


Oito suspeitos de envolvimento na morte de um policial militar em Pernambuco foram mortos na manhã desta terça-feira (2), após troca de tiros com a polícia em Barra de São Miguel, no Agreste da Paraíba. De acordo com o 24ª Batalhão da Polícia Militar de Santa Cruz do Capibaribe (PE), os suspeitos, que estavam foragidos desde a manhã da segunda-feira (1º), estavam escondidos em um matagal.

Os criminosos foram localizados pela polícia por volta das 8h30 desta terça-feira. Segundo a PM, o grupo estava escondido em um matagal entre as cidades de Barra de São Miguel e Riacho de Santo Antônio. Ao chegarem no local, a polícia teria sido recebida a tiros, foi quando houve o confronto que terminou na morte dos criminosos.

Conforme a polícia, os suspeitos eram seis homens e duas mulheres. Todos os corpos foram levados para a cidade de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste pernambucano. 

O grupo seria uma quadrilha criminosa e, ainda segundo a PM, quatro deles estariam envolvidos no assalto ao mercadinho que aconteceu antes da morte do policial.

Um dos suspeitos era vereador de Betânia (PE)

Ainda de acordo com a polícia, entre os criminosos mortos estava o vereador Andson Berigue de Lima (PP), de 29 anos, conhecido por "Nanaca", eleito na cidade de Betânia, em Pernambuco, pela coligação Unidos Por Uma Nova História.
 
De acordo com a PM, além de envolvimento com o grupo criminoso, o vereador era suspeito de vários assaltos a bancos e outros crimes cometidos em Pernambuco.
 
Fonte: G1/PE