Processo que pede volta de Ricardo Coutinho à prisão vai para relatora da Calvário


A sorte do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho mudou de mãos. Saiu da ministra Maria Thereza de Assis Moura, vice-presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), e passou para Laurita Vaz, que, em verdade, é a relatora dos feitos da Operação Calvário. Laurita, como se sabe, já despachou nos autos, mantendo na prisão vários detidos na fase 7 da operação.

O HC de Ricardo Coutinho e mais três envolvidos na organização criminosa tinha sido deferido pelo ministro Napoleão Nunes Maia, mas a soltura dos quatro foi questionada pela Procuradoria Geral da República e o processo foi para a Ministra Maria Thereza, desde a noite desta segunda (dia 23).

Ao meio dia desta terça-feira, Maria Thereza despachou nos autos e encaminhou o pedido de revogação da soltura de RC para a Ministra Laurita Vaz, que irá dar a palavra final a qualquer momento quanto ao retorno de Ricardo Coutinho à prisão.

Pelo visto, diante da pressao de reformar uma decisao do colega e do desgaste da corte, a ministra Maria Thereza preferiu jogar o desgaste para a relatora Laurita Vaz.