Grupo comercial sofre arrombamento em Serra Talhada


Neste período de quarentena, em Serra Talhada-PE, donos de estabelecimentos comerciais de seguimentos diversos tem sido vítima de crimes de arrombamentos.

Enquanto baixam suas portas em cumprimento aos decretos estaduais, municipais e recomendações do Ministério Público de Pernambuco, comerciantes têm contabilizado prejuízos, de terem seus comércios arrombados e consequentemente produtos saqueados.   

O alvo desta vez foi o grupo Silvestre, que conta com três estabelecimentos: Tapiocaria, Gelateria e Hamburgueria, localizados frente ao ginásio poliesportivo da cidade.

Por volta das 4h da manhã deste Domingo de Páscoa, a Tapiocaria Silvestre foi arrombada por um homem sem camisa e com uma tatuagem no braço direito. Com ajuda de um pedaço de pau forçou por baixo da porta, até conseguir entrar em uma das lojas do grupo.

Usando um balde da própria tapiocaria, o homem subtraiu dezenas de alimentos. A atuação do ladrão foi registrada pelo circuito interno de TV, que faz o monitoramento do local. O registro em vídeo, ainda mostra o homem se evadindo do local, a pés e segurando o balde contendo diversos itens.

Em conversa com o Blog Júnior Campos, a proprietária Elizabeth Rodrigues, falou do seu sentimento sobre o fato e as medidas de segurança que irão ser tomadas, após o prejuízo.

 “A princípio sentimos revolta e tristeza, mas olhando as imagens sentimos pena, por que mostra ter fome. Contratamos segurança e vamos reforçar as portas, que as pessoas aprendam que pedir é melhor que roubar.” Finalizou.