• Gestores municipais já podem acessar valores para financiamentos de obras em Saúde

    Gestores municipais já podem acessar os valores mínimos das transferências para obras na modalidade fundo a fundo. As informações se encontram na página do Fundo Nacional de Saúde (FNS). A Confederação Nacional de Municípios (CNM) lembra os gestores que os valores passam a ser repassados integralmente e, a partir de agora, variam de acordo com a região do país.

    Em fevereiro deste ano, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) a Portaria 381/2017, que dispõe sobre as transferências fundo a fundo para Estados, Municípios e Distrito Federal. O texto é aplicado para execução de obras de construção, ampliação e reforma de unidades de saúde.

    A partir da normativa, ficou estabelecido que a transferência será realizada em conta financeira única e específica para cada uma das categorias econômicas, substituindo gradativamente os modelos atuais de financiamento. Desse modo, o gestor que se interessar em solicitar uma Unidade Básica de Saúde (UBS), por exemplo, receberá o valor integral da obra.

    Até ano passado, o Município recebia da União a quantia de R$ 408 mil, fragmentada conforme a evolução da obra e monitoramento federal. Agora, os valores mínimos de transferências para a construção de uma UBS tipo I correspondem a R$ 726 mil para a região Norte; R$ 663 mil para a região Nordeste; R$ 750 mil para a região Sudeste; R$ 746 mil para a região Sul e R$ 725 mil para a região Centro-oeste.

    Os gestores municipais terão de enviar o projeto completo, com cronograma, capacidade técnica, financeira e estrutura necessária para manter o serviço. Assim que aprovado pela Vigilância Sanitária, o repasse do Ministério da Saúde será feito integralmente.

    Confira os valores AQUI.

     

  • Prefeitura de Flores incentiva cadastro de artistas locais

    O mesmo pode ser feito por qualquer pessoa, maior de idade ou menor acompanhado de responsável, residente no município.

    O cadastro tem como objetivo mapear os artistas e as atividades culturais existentes na cidade, nos segmentos de música, teatro, dança, literatura, arte, entre outras atividades artísticas.

    A partir deste cadastramento, a Secretaria fará a montagem de um banco de dados, visando uma proximidade e um rápido acesso aos artistas locais. Informamos que este cadastramento não implica em contratação ou agenciamento dos artistas.

    Preencha aqui o formulário.

     

  • Serra talhada segue com trabalho de limpeza e revitalização do Rio Pajeú

    Desde o final do ano passado, a Prefeitura de Serra Talhada vem realizando um importante trabalho de limpeza e revitalização das margens e do leito do Rio Pajeú. Uma iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente após uma audiência pública com a Procuradoria da República do Ministério Público Federal e os proprietários de terras no leito do rio.

    A ação foi iniciada no mês de dezembro com a retirada das algarobas, espécie invasora que tem raízes profundas e consome muita água, prejudicando o lençol freático. As atividades foram intensificadas também nas áreas urbanas, com a retirada do lixo acumulado e um trabalho de conscientização para que a população não volte a jogar lixo no rio.

    "Nossa preocupação era com a chegada das chuvas, por isso intensificamos rotineiramente as ações desde dezembro e já estamos com mais de 60% da área urbana concluída, um trabalho difícil e gradativo, mas que surtirá grandes efeitos a longo prazo", explica Ronaldo Melo Filho, secretário de Meio Ambiente.

    A expectativa da Secretaria de Meio Ambiente é concluir os trabalhos até o mês de março. "Já é possível observar uma grande mudança no leito do rio e até março pretendemos concluir a ação. Um trabalho proveitoso que motivou, inclusive, outros municípios a realizarem ações semelhantes", completa Ronaldo.

     

  • Princesa Isabel lança Plano Municipal de Atendimento Socioeducativo

    A prefeitura de Princesa Isabel – PB, através da Secretaria de Ação Social, juntamente com a Secretaria de Saúde e a Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, estão lançando o Plano Municipal de Atendimento Socioeducativo.

    O objetivo deste plano é direcionar as ações articuladas nas áreas de Educação, Saúde, Assistência Social, Cultura, Capacitação para o Trabalho e Esporte em Princesa Isabel, no que diz respeito ao adolescente em cumprimento de medida socioeducativa. Ele conterá um diagnóstico, diretrizes, objetivos, metas e prioridades.

    O CREAS, ligado à Secretaria de Ação Social, é uma unidade pública estatal, o qual é responsável pela oferta de orientação e apoio especializados e continuados a indivíduos e famílias com seus direitos violados.

  • Após sabatina de 11 horas, CCJ aprova Moraes para o STF

    Em sessão que durou mais de onze horas, a Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou por 19 votos a 7 nesta terça-feira a indicação do ministro licenciado da Justiça, Alexandre de Moraes, para a vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) deixada por Teori Zavascki, morto em um acidente aéreo no início deste ano. Agora, o seu nome deve ser aprovado no plenário por pelo menos 41 dos 81 senadores, o que está previsto para acontecer em sessão convocada para as 11 horas desta quarta-feira..

    A sabatina de Moraes foi a segunda mais longa dos últimos 20 anos, ficando atrás apenas da do ministro Edson Fachin, que se arrastou por mais de 12 horas, em maio de 2015.

  • Municípios do Pajeú, incluindo Flores vão tecnologias sociais de armazenamento de água

     

    O Centro de Educação Comunitária Rural (Cecor), situado em Serra Talhada, está iniciando a construção de novas tecnologias sociais de armazenamento de água e incremento à produção de alimentos do Programa Pernambuco Mais Produtivo (PE+P) nos municípios de Santa Cruz da Baixa Verde, Triunfo, Flores, Carnaíba, Quixaba e Santa Terezinha, no Sertão pernambucano.

    No total, serão construídas 270 novas tecnologias, sendo 50 tanques de pedra, 20 barreiros lonados e 200 abrigos de secagem. "Essas tecnologias fazem parte da primeira etapa do Projeto Pernambuco Mais Produtivo e estão sendo construídas na propriedade das famílias rurais que já receberam as cisternas calçadão", explica Pedro Barbosa dos Anjos, coordenador do projeto pelo Cecor.

    Ainda segundo Pedro Barbosa, a instituição já concluiu a meta da primeira etapa do PE+P, sendo construídas 3.775 cisternas calçadão de 52 mil litros e está executando atualmente a segunda etapa, que tem como meta a construção de 2.025 cisternas em vinte e três municípios dos Sertões do Pajeú e Moxotó. "Já temos mais de oitocentas cisternas prontas da segunda etapa do projeto e estamos com cerca de duzentas iniciadas nos municípios de Serra Talhada, Sertânia, Custódia e Afogados da Ingazeira", disse.

    Conheça as novas tecnologias:

    Tanque de pedra (ou caldeirão): É uma tecnologia comum em áreas de serra ou onde existem lajedos, que funcionam como área de captação da água de chuva. São fendas largas, barrocas ou buracos naturais, normalmente de granito. O volume de água armazenado vai depender do tamanho e da profundidade do tanque. Para aumentar a capacidade, são erguidas paredes na parte mais baixa ou ao redor do caldeirão natural, que servem como barreira para acumular mais água. É uma tecnologia de uso comunitário. A água armazenada é utilizada para o consumo dos animais, plantações e os afazeres domésticos. Lavar a roupa é uma das práticas mais comuns.

    Abrigo de Secagem: São pequenas casas de alvenaria (medindo 5 m x 2,5 m) que servem para estocagem da produção de grãos e forragens. Os abrigos de armazenamento surgiram a partir da demanda da cisterna calçadão.

    Barreiro lonado: Tanque longo, estreito e fundo escavado no solo, que armazena água por mais tempo, diminuindo a evaporação durante a estiagem. Diferente do barreiro comum, o tipo lonado tem o seu fundo e superfície cobertos por uma lona plástica, com capacidade de armazenar mais de 150 mil litros.

  • Município do Pajeú incluindo Flores vão tecnologias sociais de armazenamento de água

    O Centro de Educação Comunitária Rural (Cecor), situado em Serra Talhada, está iniciando a construção de novas tecnologias sociais de armazenamento de água e incremento à produção de alimentos do Programa Pernambuco Mais Produtivo (PE+P) nos municípios de Santa Cruz da Baixa Verde, Triunfo, Flores, Carnaíba, Quixaba e Santa Terezinha, no Sertão pernambucano.

    No total, serão construídas 270 novas tecnologias, sendo 50 tanques de pedra, 20 barreiros lonados e 200 abrigos de secagem. "Essas tecnologias fazem parte da primeira etapa do Projeto Pernambuco Mais Produtivo e estão sendo construídas na propriedade das famílias rurais que já receberam as cisternas calçadão", explica Pedro Barbosa dos Anjos, coordenador do projeto pelo Cecor.

    Ainda segundo Pedro Barbosa, a instituição já concluiu a meta da primeira etapa do PE+P, sendo construídas 3.775 cisternas calçadão de 52 mil litros e está executando atualmente a segunda etapa, que tem como meta a construção de 2.025 cisternas em vinte e três municípios dos Sertões do Pajeú e Moxotó. "Já temos mais de oitocentas cisternas prontas da segunda etapa do projeto e estamos com cerca de duzentas iniciadas nos municípios de Serra Talhada, Sertânia, Custódia e Afogados da Ingazeira", disse.

    Conheça as novas tecnologias:

    Tanque de pedra (ou caldeirão): É uma tecnologia comum em áreas de serra ou onde existem lajedos, que funcionam como área de captação da água de chuva. São fendas largas, barrocas ou buracos naturais, normalmente de granito. O volume de água armazenado vai depender do tamanho e da profundidade do tanque. Para aumentar a capacidade, são erguidas paredes na parte mais baixa ou ao redor do caldeirão natural, que servem como barreira para acumular mais água. É uma tecnologia de uso comunitário. A água armazenada é utilizada para o consumo dos animais, plantações e os afazeres domésticos. Lavar a roupa é uma das práticas mais comuns.

    Abrigo de Secagem: São pequenas casas de alvenaria (medindo 5 m x 2,5 m) que servem para estocagem da produção de grãos e forragens. Os abrigos de armazenamento surgiram a partir da demanda da cisterna calçadão.

    Barreiro lonado: Tanque longo, estreito e fundo escavado no solo, que armazena água por mais tempo, diminuindo a evaporação durante a estiagem. Diferente do barreiro comum, o tipo lonado tem o seu fundo e superfície cobertos por uma lona plástica, com capacidade de armazenar mais de 150 mil litros.

  • Prefeitura de Flores paga primeira parcela do Garantia-Safra 2016/2017

    A prefeitura de Flores de Flores pagou nesta terça-feira (21), a primeira parcela da contribuição financeira (aporte) ao Fundo Garantia-Safra (FGS), 2016-2017. Ao todo o município pagará seis parcelas de R$ 15.597,50 (quinze mil reais, quinhentos e noventa e sete reais e cinquenta centavos), totalizando R$ 93. 585,oo.

    Para a safra 2016/2017, 1835 agricultores familiares aderiram ao programa no município de Flores. Com o pagamento da contribuição financeira por parte do município em dia, garante ao agricultor, no caso de perda de safra igual ou superior a 50%, o benefício no valor R$ 850,00 dividido em 6 (seis) parcelas.

    De acordo com o prefeito do município, Marconi Santana, a ação é um compromisso com o homem e a mulher do campo.

    “Pagar o Garantia-Safra, é um compromisso primordial de nossa gestão, para que seja assegurado o benefício aos nossos agricultores cadastrados no programa”, disse o prefeito.

    GARANTIA SAFRA


    É uma ação do Pronaf para agricultores familiares que se encontram em municípios sistematicamente sujeitos a perdas de safra devido à seca ou ao excesso de chuvas. Os agricultores que aderirem ao Garantia-Safra (GS) nos municípios em que forem verificadas perdas de, pelo menos, 50% do conjunto da produção de feijão, milho, arroz, mandioca, algodão, ou outras culturas definidas pelo órgão gestor do Fundo-Garantia-Safra, receberão o benefício Garantia-Safra diretamente do governo federal.

  • TCE suspende contratações temporárias na Prefeitura de Floresta

    A Segunda Câmara do TCE referendou nesta terça-feira (21) uma Medida Cautelar solicitada pelo procurador do Ministério Público de Contas, Ricardo Alexandre requerendo a suspensão de contratações temporárias feitas no município de Floresta pelo prefeito Ricardo Ferraz.

    Na gestão passada, a então prefeita Rosângela Maniçoba rescindiu, mediante portaria, 883 contratos temporários e nomeou 500 candidatos aprovados em concurso público.

    No entanto, pelo fato de as nomeações terem sido feitas nos últimos 180 dias do mandato, violando a Lei de Responsabilidade Fiscal, o TCE expediu Medida Cautelar, através do conselheiro substituto Adriano Cisneiros, determinando a suspensão das nomeações.

    Após ser empossado em janeiro deste ano, o novo prefeito fez novas contratações temporárias, deixando de lado os aprovados em concurso público.

    Em razão disso, a Segunda Câmara do TCE referendou a Cautelar solicitada pelo Ministério Público de Contas pela suspensão de todas as contratações temporárias que tenham extrapolado o limite de gastos com a folha estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

    Estão ressalvadas contratações para as áreas de saúde e educação, mas só até a entrada em exercício dos aprovados em concurso público. O TCE vai instaurar auditoria especial para acompanhamento das contratações de que trata este processo, que teve como relator o conselheiro substituto Ruy Harten.

    OFÍCIO - Vale lembrar que no início do mês o  auditor geral do TCE, Carlos Barbosa Pimentel, enviou ofício ao prefeito de Floresta, dando-lhe ciência de representação recebida do Ministério Público de Contas requerendo a expedição de uma Medida Cautelar para suspender 300 (trezentas) admissões de pessoal de caráter temporário, feitas pela atual gestão, em detrimento de candidatos aprovados em concurso público homologado em 2016 pela ex-prefeita Rosângela Maniçoba.

  • Em parceria com a Prefeitura de Flores, Altino Ventura realiza triagem para cirurgias de catarata

    Uma equipe da Fundação Altino Ventura (FAV) está em Flores-PE realizando durante toda esta semana, exames com pessoas acima de 50 anos para identificar casos de catarata. O atendimento acontece no Hospital Municipal Francisco Genésio Xavier e é direcionado para os 500 pacientes que marcaram a consulta, pré – agendada, pelos Agentes Comunitários de Saúde. Aqueles que forem diagnosticados com a doença serão encaminhados para cirurgia.

    Segundo a Secretária de Saúde, Joselma Cordeiro, a prefeitura vai oferecer às pessoas selecionadas para o procedimento, toda a assistência pré-operatória necessária, “incluindo exames e parecer médico”. A previsão é que as cirurgias aconteçam na última semana de abril.

     

    “Posteriormente vem um ônibus, com uma equipe cirúrgica para fazer esses procedimentos. Mas, também a gente não só faz a triagem de catarata a gente observa os pacientes com glaucoma e diabéticos”, explicou o médico Renam Sá.

  • Duque assina ordem de serviço para ações na zona rural e anuncia R$ 24 mi em investimentos hídricos

    O Prefeito Luciano Duque participou na manhã desta segunda-feira (20), da reunião ordinária do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Urbano de Serra Talhada (CMDRUS), realizada no auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), ao lado do vice-prefeito Márcio Oliveira, secretário de Agricultura, Zé Pereira, e do secretário de Obras e Infraestrutura, Cristiano Menezes.

    Na oportunidade foram assinadas as ordens de serviço para a construção de estradas vicinais, bueiros e passagens molhadas que ligam os assentamentos Tiburuna, Adão Preto, Três Irmãos e São Lourenço até a sede do município e a perfuração e instalação de 16 poços artesianos em diversas localidades da zona rural, em parceria com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

    "A agricultura é um dos eixos mais importantes de nossa gestão. Vamos trabalhar nesses quatro anos para levar água para todas as comunidades rurais do município através da escavação de poços artesianos, construindo melhores condições de vida e dignidade para que os agricultores tenham condições de produzir e criar seus animais sem precisar deixar o campo", disse Luciano Duque. Ele anunciou ainda que em breve será assinada a ordem de serviço para levar água encanada a todas as residências em 25 comunidades, através de emenda parlamentar no valor de quatro milhões de reais.

    O secretário de Agricultura, Zé Pereira, anunciou aos agricultores à liberação do milho da Conab feita pelo Governo Federal após solicitação feita por Luciano Duque ao presidente Michel Temer. "A cotação de preço será em março e o milho deve chegar aqui até o mês de abril. Todos os agricultores devem procurar a Adagro para atualizar ou fazer os cadastros a partir da próxima quarta-feira, dia 22", informou.

    Presente no evento, o superintendente da Codevasf, Aurenilton Cordeiro, destacou a importância da parceria com a prefeitura de Serra Talhada. "Nós estamos aqui hoje graças à insistência do prefeito Luciano Duque que sempre está em busca de recursos para o município. Vamos implantar um sistema simplificado modelo de irrigação para a palma. E podem contar conosco nessa parceria para trazer água para Serra Talhada", disse.

    Participaram do evento representantes do CMDRUS, STR, Prefeitura, Prorural, Fetape, Defesa Civil, UAST, ITEP, BNB, Sebrae, IPA, Câmara de Vereadores, empresas vencedoras das licitações, além das associações e cooperativas rurais.

  • Ricardo Pereira defende parceria com executivo, o judiciário, o Ministério Público e legislativo

    Com a Casa cheia e todos os vereadores presentes, a Câmara Municipal de Princesa Isabel – PB deu início a instalação do primeiro período ordinário do legislativo em 2017. A sessão solene aconteceu no dia 20 de fevereiro.

     

    A presidente da Casa, vereadora Gracinalda Domingos (PSB), fez votos de paz e respeito aos companheiros de legislatura, e passou sua fala para o prefeito Ricardo Pereira do Nascimento (PSB).

     

    "Nós queremos uma prefeitura que colabore com o Ministério público; uma prefeitura que colabore com a Justiça Estadual e Federal. Para isto, não há outro caminho se não houver a parceria entre o executivo, o judiciário, o Ministério Público e a Casa em que estamos, que representa a sociedade de Princesa," discursou o prefeito.

    Ricardo Pereira ainda pediu que a população avaliasse a nova gestão, nos primeiros 180 dias de governo. "Nossa intenção não é tratar essa Casa como extensão do poder executivo. Nossa intenção é apresentar a vocês tudo que possa vir de benefício para o povo", revelou.

  • Ministro de Minas e Energia visitou municípios do Pajeú

    Imagens: Júnior Campos

     

    O ministro das Minas e Energia, Fernando Filho (PSB), que é também deputado federal licenciado, aproveitou o final de semana para visitar correligionários no Sertão do Pajeú.

     

    Na sexta-feira, na cidade de Tabira, ele fez a entrega de um trator à Associação de Moradores do Sítio Boa Vista. O equipamento vai beneficiar 86 famílias que vivem na comunidade.

     

    No sábado (18), o ministro tomou café da manhã na Pousada de Brotas com o prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB), com quem trocou opiniões sobre a questão hídrica do semiárido nordestino.

     

    Em seguida ele deslocou-se para Solidão, onde anunciou a instalação de seis poços artesianos com recursos de emendas parlamentares. E de lá seguiu para a cidade de Ingazeira onde foi recebido pelo ex-prefeito e atual presidente da Amupe, Luciano Torres, e pelo prefeito atual Lino Morais (PSB).

     

    O ministro deu o pontapé numa partida de futsal entre times da cidade na presença dos prefeitos de Flores, Marconi Santana (PSB); de Iguaraci, José Torres Filho (PSB); de Tuparetama, Sávio Torres (PTB); de Quixaba, Tião de Gaudêncio (PSB); de Tabira, Sebastião Dias (PTB) e de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB).

     

    De lá o ministro seguiu para Serra Talhada, onde almoçou com o prefeito Luciano Duque (PT) e o vereador José Raimundo (PTC).

     

     

  • Flores: Adolescente luta para achar doador de medula compatível e mãe faz apelo

    O adolescente Artur Medeiros Santana Barbosa, 14 anos, luta contra uma doença no sangue e precisa de um doador de medula óssea compatível. Artur foi diagnosticado, recentemente, com aplasia medular e está internado no Hospital Real Português, no Recife-PE. Ele depende de transfusões de plaquetas para sobreviver, no entanto, para se curar ela precisa fazer o transplante.

    Nas redes sociais a campanha em prol da vida de Artur viralizou. Os familiares e amigos continuam realizando campanhas na busca de encontrar alguém que seja 100% compatível.

    Para fazer a doação, é necessário ir até um hemocentro mais próximo e se cadastrar.

    A mãe do adolescente, Rafaela Medeiros, usou o seu perfil no facebook para reforçar a campanha e avisar que um carro, está sendo disponibilizado para levar os voluntários até Serra Talhada, nesta segunda-feira (20).

    “Oi gente! Eu vim aqui para esclarecer a questão dos carros que vão sair de Flores para o HEMOPE de Serra Talhada, segunda-feira, a partir das 6h30 da manhã. Muita gente está perguntando se é para o Recife. Não! É para Serra Talhada, pra doação de medula pra gente salvar a vida desse guerreiro...ele precisa muito de vocês. Conseguimos alguns carros e ônibus e vai está saindo da rodoviária de Flores, às 6h30, com destino ao HEMOPE de Serra Talhada”, reforçou.

  • Flores: Mutirão reforça combate aos focos de Aedes no Bairro Vila Nova

    A prefeitura de Flores, através da Secretaria de Saúde e Coordenação de Endemias, realizou nesta sexta-feira (17), o primeiro mutirão de limpeza e de erradicação de focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor de dengue, zika e chicungunha. O Bairro foi o primeiro a ser contemplado pela iniciativa, que recebeu o reforço da equipe de limpeza urbana, da secretaria de infraestrutura, servidores municipais, secretariado municipal, prefeito e primeira dama.

    A ação denominada “Um futuro sem Aedes Começa Agora” contou com 120 colaboradores, além de máquinas. A ideia foi deixar tudo limpo, eliminando lixo e entulho.

    O resultado foi à retirada de pneus velhos, restos de móveis, sacos plásticos e garrafas. E tudo isso acaba se transformando em foco de mosquito.

    Ao ressaltar que está propiciando a limpeza em uma ação conjunta, com os Agentes de Saúde e Endemias, o prefeito do município reforçou dizendo que: “Fizemos o primeiro mutirão, atacando, combatendo esse mosquito que tem dado um prejuízo enorme ao nosso município, e ao Pajeú”.

    O coordenador de Edemias, explicou: “Procuramos conversar com o morador para que ele cubra o seu depósito, para que a gente possa retornar aqui e ver que foi sanado o problema”, disse Vaneilson mostrando em um tubet larvas encontradas em uma casa.

    Além, da limpeza, a prefeitura informa que realizará um mutirão para ressaltar a importância da limpeza. “Vamos distribuir panfletos e orientar a população”, observou, Júnior Campos, secretário de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano.

     

  • 14° BPM Serra Talhada realiza mais uma palestra de supervisão paterna para pais de alunos

    O Núcleo de Prevenção do 14° BPM realizou duas palestras na Escola de Referência em Ensino Médio Prof. Adauto Carvalho - EREM para os pais e/ou responsáveis dos alunos pertencentes a referida Instituição de Ensino contemplando 280 pessoas contando com a participação do corpo docente.

    A ação preventiva teve como foco a importância dos pais estarem presentes na Escola apoiando o trabalho dos professores, bem como supervisionando as atividades curriculares além de está procurando conhecer os amigos dos seus filhos e também a procedência da família para evitar pressões negativas para o uso de drogas ou a prática da violência.

    A palestra foi conduzida pelo Cabo PM Danilo Carlos, Educador Social, Psicopedagogo e Chefe do Núcleo de Prevenção/14°BPM - Serra Talhada. A gestora da Escola - Alessandra Amorim, agradeceu a presença do Núcleo de Prevenção e solicitou outras ações para contemplar os discentes da Escola, o

    Ten. Cel. Figueiredo - Comandante do 14° BPM, falou da importância dessa interatividade entre a Polícia Militar e estudantes, pois conforme o Oficial, os jovens sentem o policial militar mais próximo e com isso tira dúvidas, interage, mostra-se cidadão participante e responsável.

  • As vésperas do carnaval Comandante da PM e chefe da Polícia Civil deixam o cargo em PE

     

    As vésperas do carnaval, o comandante da Polícia Militar, coronel Carlos D'Alburque, e o chefe da Polícia Civil, delegado Antônio Barros, foram retirados das chefias nesta sexta-feira (17). O delegado Joselito Kehrle do Amaral, diretor Integrado Metropolitano, assume a Polícia Civil, enquanto a PM vai ser chefiada pelo coronel Vanildo Neves de Albuquerque Maranhão Neto, da Diretoria Integrada Especializada.

    O estado vem registrando números crescentes de violência. Os dois comandantes das corporações vinham enfrentando pressão das entidades que representam os policiais civis e militares desde o ano passado. A revisão dos salários e as condições de trabalho foram uma reclamação constante das entidades.

  • Luciano Duque aloca recursos próprios para reformar Teatro Municipal

    Foi assinada na tarde desta quinta-feira (16), a ordem de serviço para a construção do Teatro Municipal de Serra Talhada. A obra será construída na Avenida Adriano Duque (Anel Viário), próximo ao Museu do Cangaço, e terá 328,92 metros quadrados, com hall de entrada, palco, camarim e banheiros.

    Serão investidos na obra R$ 278.429,99, sendo R$ 28.429,99 de contrapartida do município. “Essa conquista, que por vezes parecia que não ia acontecer, deve ser muito comemorada. Não apenas pelo valor físico da obra, mas, fundamentalmente, pelo papel social que representa para a nossa cidade e artistas da nossa terra. E para valorizar ainda mais a nossa arte e os filhos de Serra Talhada que elevam o nome da cidade a partir da cultura, o Teatro Municipal será batizado com o nome do grande artista serra-talhadense, Arnaud Rodrigues, que brilhou nos palcos Brasil a fora”, declarou o prefeito Luciano Duque.

    “A gente precisava muito de um espaço multiuso para apresentação das atrações culturais, principalmente as encenações teatrais. Temos a sensação que a cidade atinge sua maturidade cultural, pois, teremos um templo sagrado para todas as artes, tanto a arte de rua, quanto à erudita e clássica. Já temos inclusive espetáculos teatrais querendo se inscrever para se apresentar aqui em 2018”, afirmou o presidente da Fundação Cultural do município, Anildomá Souza.

    Se apresentaram na oportunidade o grupo de capoeira do Alto do Bom Jesus, Fundação Cultural Afro-brasileira NegoCapoeira, que integra o grupo Muzenza, o grupo de hip hop Resistência das Ruas, o grupo de dança Sertão Frevo, o poeta Karl Marx e o grupo teatral Centro Dramático do Pajeú.

    Além do prefeito Luciano Duque, estiveram no local o presidente da Associação de Realizadores de Teatro de Pernambuco, Feliciano Felix, artistas, vereadores, equipe de governo e o público em geral.

  • Emenda de Danilo Cabral assegura direitos de trabalhadores rurais

    O deputado federal Danilo Cabral (PSB-PE) apresentou uma emenda à PEC 287/16, que trata sobre a Reforma da Previdência, para assegurar a manutenção dos direitos dos trabalhadores rurais. Para ele, são injustas as alterações nas regras propostas para os agricultores, principalmente quanto ao aumento na idade mínima para aposentadoria e ao modelo de contribuição. O parlamentar também prepara a apresentação de emendas para os professores.

    Atualmente, pelo Regime Geral da Previdência Social (RGPS), os pequenos produtores rurais recolhem, a título de contribuição previdenciária, o equivalente a 2,1% sobre a receita bruta da venda de sua produção. Quando não vendem, não precisam pagar nada. Pela proposta, no lugar de calculada sobre a produção comercializada (2,1%), seria direta e individual, por cada membro da família.  Em relação à idade, passaria dos atuais 55 (mulheres) e 60 (homens) para 65 anos.

    "A atividade rural requer uma discussão em separado em função da sua peculiaridade. A condição de trabalho no campo é diferente da urbana, uma situação de vida mais complexa e que exige uma atenção maior do Estado", afirma Danilo Cabral. O deputado destaca que as mudanças propostas pelo Governo Federal podem provocar prejuízos para o mundo rural, impactando diretamente na economia dos pequenos municípios.

    Danilo Cabral lembra que, nem sempre, o que trabalhador rural consegue colher o que plantou para poder pagar a contribuição, mas isso não significa que ele não trabalhou. "O Nordeste, por exemplo, há seis é castigado por uma forte seca, como o agricultor da região poderia contribuir a partir de sua produção se não está conseguindo plantar e colher?", exemplifica.

    Nesta quinta-feira (16), Danilo Cabral ingressou na Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social. O colegiado defende a manutenção dos direitos sociais e uma reforma estrutural da captação de recursos, nos termos da legislação atual, com o propósito de garantir a segurança jurídica e atuarial do sistema de Seguridade Social Brasileiro, sem restrição ou extinção de direitos.

    A Frente defende a revisão do financiamento da Seguridade Social, especialmente quanto à desoneração da folha de pagamentos sem o correspondente repasse dos recursos da contribuição substitutiva e à revisão da DRU, para que não incida sobre nenhuma das contribuições sociais. A seguridade social é uma das áreas que mais sofre o impacto com esse mecanismo de ajuste fiscal. Pesquisas demonstram que, apenas em 2004, com a DRU, foram desvinculados R$ 24 bilhões das receitas arrecadadas para a seguridade social. 

  • Água: obras vão beneficiar duas cidades sertanejas

    Assessoria

    O deputado  federal licenciado e secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, acompanhado do prefeito de Triunfo, João Batista,  participou,  em Brasília, na manhã desta quinta-feira (16) , de uma  audiência com o ministro da Integração Nacional,  Helder Barbalho . A pauta do encontro foi o ramal da Adutora do Pajeú, que abastecerá dois importantes municípios do Sertão do Pajeú: Santa Cruz da Baixa verde e Triunfo . 

    De acordo com Sebastião Oliveira, o ministro deu prazo ao Dnocs para a conclusão do projeto. "Vamos ter uma nova audiência no próximo dia 8 de março com o Dnocs e a Compesa,  para  definir a data do início das obras. Com esta ação vamos  retirar Santa Cruz da Baixa Verde e triunfo do colapso", explica  Sebastião Oliveira, que atende os reclames de milhares e moradores das duas cidades .