• Flores: Na solenidade de abertura dos jogos escolares prefeito destaca incentivo a prática esportiva

    Em Flores, a quadra esportiva da Escola Municipal Onze de Setembro foi palco para a 42ª solenidade de abertura dos jogos escolares fase classificatória. O evento reuniu delegações de 8 escolas da rede municipal de ensino e estadual, que durante toda esta semana vão disputar uma vaga para a próxima fase, que ocorrerá no município de Afogadas da Ingazeira.

    O ato foi abrilhantado pelo público, representantes do legislativo (Alberto Ribeiro e Jeane Lucas), secretários municipais, gestores das escolas participantes, as apresentações da Banda Marcial Onze de Setembro, da filarmônica Manoel Wanderley e apresentação cultural da Escola Estadual Aires Gama.

    Após as apresentações, com muita emoção, um dos momentos mais esperado da noite foi em que, o fogo simbólico foi acesso pela atleta Joelma de Souza.

    Marconi Santana, prefeito do município lembrou ao público presente, de seus esforços para incentivar a prática esportiva no município, quando construiu nos primeiros mandatos 6 (seis) quadras esportivas. Marconi ainda disse que vai incentivar a prática de outras modalidades, como: handebol, voleibol e basquetebol.

     

    Já o secretário de esportes, Carlos Alberto Pereira, saudou os atletas defendendo a unidade, determinação, garra e motivação e destacou o empenho do gestor municipal para realização do evento.

     

  • Na “Festa do ano”, com animação de César Caike adversários políticos atraem holofotes

    Classificada pelo os organizadores como a Festa do Ano, Maiara e Maraisa não só atraiu um expressivo público neste domingo, no Tunas Clube em Serra Talhada, como também, juntou adversários políticos da Capital do Xaxado.

    Como sempre, o mais animado no time governista estava César Caike, que levou para o show da dupla sertaneja feminina o deputado federal, Kaio Maniçoba do PMDB.

    Sustando e “L” de Duque, César Caike colocou ao lado de Victor Oliveira (PR), principal adversário do grupo governista, não só o deputado sertanejo. Fizeram pose pra foto ao lado do jovem político derrotado por Duque, o presidente da Câmara de Vereadores, Nailson Gomes e o vereador Rosimério de Cuca.

    Imagens: Farol de Notícias

     

  • Flores realiza abertura do 42º jogos escolares neste domingo

    A prefeitura municipal de Flores está preparando a 42ª edição dos jogos escolares / Fase classificatória. Mais de 250 atletas da rede municipal e estadual de ensino irão participar dos jogos.

    A abertura acontecerá neste Domingo (21), na Quadra Esportiva da Escola Municipal Onze de Setembro, às 18hs. Os jogos irão movimentar e revelar talentos de jovens do esporte florense. 

    O Prefeito Marconi Santana diz "esperar toda a população para mais essa grande festa, que é de grande importância para a cultura e o lazer do povo e da juventude de nosso município", ressaltou. 

  • Prefeitura de Princesa vai promover primeiro torneio de Jiu-Jitsu

    A Prefeitura de Princesa Isabel-PB, através da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, realizará no dia 19 de março o I Torneio de Jiu-Jitsu, em nosso município. O evento será na quadra poliesportiva da Escola Municipal Carlos Alberto Medeiros Duarte Sobreira, a partir das 08:00 horas.

    As premiações serão as seguintes:

    Primeiro lugar, categoria branca, até 75kg: R$:100,00 + troféu e medalha;
    Primeiro lugar, categoria branca, acima de 75kg: R$:100,00 + troféu e medalha;
    Primeiro lugar, categoria azul, até 75kg: R$:100,00 + troféu e medalha;
    Primeiro lugar, categoria azul, acima de 75kg: R$:100,00 + troféu e medalha;
    Primeiro lugar, categoria roxa, aberto: R$:100,00 + troféu e medalha;
    Segundos lugares: R$:20,00 + medalhas;

     

    Terceiros e quartos lugares: medalhas. As inscrições serão feitas na hora.

     

  • Abertura dos Jogos Abertos reúne delegações de 34 municípios em Serra Talhada

    Este conteúdo foi produzido pelo Sistema Jornal do Commercio de Comunicação. Para compartilhar, use o link http://blogs.ne10.uol.com.br/torcedor/2016/09/16/abertura-dos-jogos-abertos-reune-delegacoes-de-34-municipios-em-serra-talhada/
    Este conteúdo foi produzido pelo Sistema Jornal do Commercio de Comunicação. Para compartilhar, use o link http://blogs.ne10.uol.com.br/torcedor/2016/09/16/abertura-dos-jogos-abertos-reune-delegacoes-de-34-municipios-em-serra-talhada/

    Imagem: Eduardo Telles

     

    Uma diversidade de delegações dos municípios pernambucanos esteve presente para prestigiar a cerimônia oficial de abertura da fase estadual dos Jogos Abertos de Pernambuco. A noite desta quinta-feira (15) ficou marcada pela confraternização das equipes das cidades, que lotaram a quadra do Ginásio Egídio Torres, em Serra Talhada, local das disputas dessa fase final.

     

    A cidade de Serra Talhada foi palco da cerimônia de abertura da fase estadual dos Jogos Abertos de Pernambuco. O evento foi realizado nessa quinta-feira, na quadra do Ginásio Egídio Torres, local das disputas entre os munícipios pernambucanos. A cerimônia contou com os representantes da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, o secretário executivo Diego Peréz e a superintendente de esportes e lazer Adriana Salazar.

     

    O grande momento ficou por conta do acendimento da pira e do juramento do atleta, protagonizados por Enildo Carlos Barbosa e Marlon Henrique de Lima, respectivamente, atletas de Serra Talhada. As 34 delegações presentes na competição participaram do desfile cívico da abertura, que contou com um bom público.

     

    Durante o dia desta quinta-feira (15), as disputas das cinco modalidades coletivas basquete, voleibol, futsal, handebol e futebol de campo continuaram a movimentar os locais de competição. Destaques para as equipes de Garanhuns no futsal feminino e Jaboatão dos Guararapes no handebol e no futsal feminino, invictas até o momento na competição. Além delas, a grande surpresa do dia foi no basquete masculino: Petrolina derrotou Maraial por incríveis 110 x 07.

     

  • A cobra vira ''bicho'' quando enfrenta o leão.

     

     

    • Com um herói improvável, o Santa Cruz venceu o Sport na noite desta quarta-feira e avançou para as oitavas de final da Copa Sul-Americana. Nem Grafite, Leo Moura e João Paulo. O salvador coral foi Bruno Moraes, que só estava no banco de reservas por conta da lesão de Wallyson e só entrou no jogo porque Grafite se machucou. O "General", que estava encostado, fez o único gol da vitória por 1 a 0 e classificou os tricolores para o primeiro jogo internacional oficial do clube na história. Agora, o Santa espera o vencedor do duelo entre Independiente Medellin-COL e Sportivo Luquenho-PAR para saber o seu destino. 

       
      PRÓXIMOS JOGOS

      Sport e Santa Cruz terão uma semana para trabalhar visando a Série A do Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso dos tricolores é apenas na quarta-feira da semana que vem, contra a Chapecoense, novamente na Arena Pernambuco. O Leão vai até São Paulo, onde enfrenta o Corinthians, na quinta-feira.

      PÚBLICO E RENDA

      Público total: 6.570 torcedores. Renda: R$ 102.840,00 

       

      Post.p./Clélio Diniz 01set2016 08;30hrs

  • Técnico do Santa pede pra sair.

     

    O ciclo acabou. Milton Mendes não é mais técnico do Santa Cruz. Campeão pernambucano e da Copa do Nordeste no começo do ano, o treinador não suportou mais uma derrota na Série A do Brasileiro. O estopim para a saída do comandante foi o 2 a 1 sofrido para o São Paulo, no Arruda, no domingo. Na coletiva pós-jogo, o treinador já mostrava desânimo com a situação da equipe e acabou dando indícios de que poderia mesmo não seguir no clube. Diante desse cenário, a saída do treinador deve ser comunicada oficialmente na tarde desta terça-feira.


    Contratado em 28 de março, o técnico deixa o Santa Cruz depois da última rodada do primeiro turno de um campeonato em que iniciou bem. Chegou a levar o Tricolor até à 
    liderança da Série A entre a segunda e terceiras rodadas. Com a equipe sem render, imersa na zona de rebaixamento há três jogos e há quatro sem vencer, atingiu o seu limite, se contradisse a um discurso de permanência que pregava e resolver pediu a rescisão de contrato assim que terminou o duelo com o São Paulo. Porém, o presidente Alírio Moraes não acatou o pedido. Mendes viajou para Porto de Galinhas, em Ipojuca, onde amadureceu ainda mais a ideia de deixar o Arruda, na segunda-feira de folga. Após mais uma reunião com a diretoria nesta terça, expôs de novos os seus argumentos e obteve a liberação. 

    Entusiasta dos estudos táticos, dono do certificado Uefa Pro de treinadores e de frases de efeito, Mendes, de fato, mudou a cara da equipe do Santa Cruz quando substituiu Marcelo Martelotte às vésperas das quartas de final do Nordestão e da reta final do Pernambucano. Foi vitorioso em ambas as competições. Deu um inédito título regional ao clube e, inegavelmente, entrou para a história do clube coral.


    números  32Jogos,12Vitórias,9Empates,11Derrotas, 46,87%Aproveitamento.

    Post.p./Clélio Diniz 09ago2016 11hrs.,

  • Yane Marques vence eleição e será a porta-bandeira do Brasil na Rio 2016

    Medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, a pentatleta Yane Marques será a porta bandeira do Brasil na abertura dos Jogos Olímpicos 2016, em evento que irá ocorrer na próxima sexta-feira.

    Nascida em Afogados da Ingazeira no Pajéu, Yane é única atleta da América Latina na história do pentatlo moderno com uma medalha olímpica.  Ela também tem duas medalhas de ouro em Jogos Pan-Americanos e um título de Campeonato Mundial.

    O atleta da vela Robert Scheidt e o líbero Serginho, da seleção masculina de vôlei, eram os outros candidatos e foram superados na votação pela internet.

    Será a segunda vez na história que o Brasil terá uma porta-bandeira mulher. A primeira foi Sandra Pires, do vôlei de praia, em 2000."Fora algumas surpresas: Primeiro a indicação e agora a escolha", afirmou a a atleta, depois do anúncio oficial, entrevista à TV Globo. "Eu quero ser uma porta-bandeira muito alegre e talvez uma porta-voz, através dessa bandeira, para que o nosso país se una mais. Quero ser uma representante do povo brasileiro", completou.

     Postado por: Júnior Campos, segunda-feira (1), de julho de 2016 05:26

  • Uma cobra sem reação.

     

    Uma das principais queixas da torcida do Santa Cruz na derrota de 1 a 0 para o Coritiba, no último sábado, foi a falta de poder de reação da equipe coral. Após o gol de Kleber, aos 32 minutos do primeiro tempo, o Santa teve uma única chance de gol durante todo o jogo - foi aos 22 minutos do segundo tempo, com Keno. Aliás, reação para virar o placar é uma coisa que o Tricolor pouco fez neste ano. Em 20 partidas que saiu perdendo (de um total de 48 na temporada), só conseguiu virar um placar desfavorável duas vezes.

    A primeira delas foi na vitória de 2 a 1 sobre o Ceará, pelas quartas de final da Copa do Nordeste, no Arruda. A segunda foi contra o Náutico na Arena de Pernambuco, pelas semifinais do Estadual - o placar foi o mesmo. De lá para cá, o Santa não conseguiu mais virar uma partida. Já buscar a reação por um empate, a última vez foi contra o Campinense-PB, quando saiu atrás e empatou em 1 a 1 com um gol de Arthur - o jogo garantiu o título do Nordestão.

    - É complicado. Eu não sei dizer o motivo. Talvez seja o lado emocional da equipe também. Na hora de confirmar o bom momento contra o Coritiba, sentimos muito o gol. Mas Milton vem conversando isso conosco - disse Grafite, que, por sinal, foi o responsável por virar o placar no jogo contra o Náutico.

    Se não consegue ter poder de reação para virar os placares, o Santa Cruz também vem mostrando inconsistência quando joga no Arruda. De nove partidas, venceu apenas quatro e perdeu cinco.

    - Jogar em casa é sempre importante porque estamos jogando ao lado do nosso torcedor. Teoricamente, teria que ser um fator primordial na nossa campanha na Série B e nas finais da Copa do Nordeste. Mas na Série A, não estamos aproveitando o fator campo. Isso vem sendo o lado negativo da nossa campanha agora. Das 16 rodadas, foram nove em casa. Perdemos cinco. Então não pode. O Arruda tem que voltar a pesar ao nosso favor - acrescentou Grafite.

     Post.p./Clélio Diniz  25jul2016 22;30hrs

  • Veterano mas corpinho de jovem.

     

    Mesmo que a campanha do Sport seja oscilante na Série A, o goleiro Magrão vem cumprindo seu papel. No duelo contra o Cruzeiro, no último domingo, por exemplo, ele fez várias defesas importantes e ajudou na vitória rubro-negra por 2 a 1, no Mineirão. O ídolo falou sobre o bom momento e afirmou que a idade avançada - 39 anos - não atrapalha seu desempenho em campo.

    Em tom de brincadeira, quando perguntado se "o velhinho" ainda estava pegando bem, Magrão falou sobre o assunto.

    - O velhinho está pegando bola ainda. A idade está avançada, mas o corpinho ainda está firme - garantiu.

    Após ficar de fora do time em quase todo o último Campeonato Brasileiro, preterido pela boa fase de Danilo Fernandes, a forma de Magrão levantou dúvidas na torcida quando o então titular foi negociado com o Internacional.

    O técnico Oswaldo de Oliveira, no entanto, garante que jamais duvidou da capacidade do goleiro - e revelou uma antiga admiração pelo ídolo do Sport.

    - Magrão é um cara que já admirava de muito tempo. Desde aquela época do Sport na Libertadores, com Nelsinho Baptista e aquele time sensacional, que eu o admiro. Agora, tive o prazer de trabalhar com ele. É uma experiência importante, que vou relacionar como uma das coisas grandes que eu consegui no futebol.

    A confiança é tanta que Oswaldo afirma que nem se preocupa com o que Magrão poderá apresentar nas próximas temporadas.

    - Com 39, ele está jogando o que está jogando... Tomara que, com 40, 41, ele permaneça assim. E eu permaneça com ele - declarou.

     

    Post./ Clélio Diniz 25jul2016  22hrs

  • Sport vence bem e Serginho se redime.

     

    Criticado pela torcida do Sport, o volante Serginho teve o seu momento de glória neste domingo, na vitória por 4×2 sobre o Grêmio, na Ilha do Retiro. Ele foi o autor do primeiro gol e ajudou a equipe a vencer. Apesar disso, evitou dar uma resposta para as críticas. Segundo o camisa 8, é melhor responder no gramado. Ainda assim, considerou algumas vaias injustas

    “A melhor forma de responder é dentro de campo. Procuro me blindar com essas críticas. Torcida tem direito de cobrar, mas acho que são injustos. Entrego muito meu vigor. Por mais que erre”, disse o volante após a vitória.

    Serginho ainda agradeceu ao técnico Oswaldo de Oliveira pela apoio dado. Durante a semana, O treinador pediu paciência e apoio ao jogador. “Agradeço muito pelas palavras dele durante a semana”, afirmou.

    Post.p.;Clelio Diniz 17jul2016 23hrs

  • Santa Cruz vence primeira fora de casa

     

    Competência e eficiência. Essas foram as características do Santa Cruz na vitória por 3×0 diante do América-MG, fora de casa, neste domingo (17), pela 15ª rodada do Brasileirão. No início das duas etapas, o Tricolor marcou os seus gols – dois no primeiro e um segundo tempo – e soube administrar o resultado sem sofrer nenhuma ameaça de um adversário fraco tecnicamente e com o emocional abalado.

    Tudo aconteceu como o planejado por Milton Mendes. Mesmo com duas vitórias seguidas no Brasileirão, o treinador coral mantém os pés no chão e se mostra consciente de que a briga para permanecer na elite do futebol brasileiro está apenas no começo. A intenção do técnico é atingir a pontuação necessária para permanecer na Série A antes da reta final da competição.

    “Um jogo em que o resultado condiz com o que aconteceu com a partida. A nossa equipe soube ser inteligente e aproveitar as chances. A ansiedade está sendo colocada de lado. Conseguimos mais três pontos, subimos algumas posições, mas não podemos parar por aqui. Temos que conquistar a nossa manutenção o mais rápido possível”, disse o comandante.

    Post.p;Clélio Diniz 17jul2016 20hrs

  • Até que enfim,alívio tricolor.

     

    O Santa Cruz não precisou de muito para vencer o Inter, neste domingo, pela 14ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Com um golaço do atacante Keno, em um dos poucos lances de perigo do jogo, o Tricolor reencontrou o caminho das vitórias depois de cinco partidas só perdendo. Enquanto isso, o retrospecto negativo só aumentou no Colorado e fez crescer a pressão sobre o técnico Argel, que vem sendo muito contestado pelos torcedores. Ainda mais que o clube gaúcho pouco criou ou ameaçou o gol de Tiago Cardoso.

     

    Post,p/ Clélio Diniz 11jul2016 09hrs

  • Péssimo fora de casa, São Paulo precisará de feito inédito para ir à final

     

    A derrota do São Paulo por 2 a 0 para o Atlético Nacional no Morumbi faz com que a equipe comandada por Edgardo Bauza precise consumar um feito inédito na história da Copa Libertadores para chegar à final em 2016: reverter, fora de casa, uma derrota por dois gols de diferença em uma semifinal. Não bastasse o objetivo improvável, o retrospecto do time como visitante na temporada é muito ruim, com apenas 25% de aproveitamento.

    As semifinais do torneio passaram a ser disputadas em jogos de ida e volta em 1988. De lá para cá, em um total de 56 confrontos, em 41 deles o time que fez a primeira partida em casa começou o duelo vencendo. Em 11 deles houve empate e em apenas quatro ocasiões o mandante saiu perdendo. A derrota do São Paulo nesta quarta-feira configura a primeira vez na história da Libertadores em que o mandante começa um confronto de semifinal perdendo por dois gols de diferença.

    Houve uma única vez em que um time saiu perdendo uma semifinal dentro de casa, mas conseguiu reverter fora e chegar à final. Aconteceu com o Olímpia, do Paraguai, contra o Internacional em 1990, mas por um gol de diferença. Com dois gols, como agora, jamais.

    O feito que o São Paulo tem de conseguir se mostra ainda mais improvável levando em consideração o histórico de todo o mata-mata da Libertadores. Apenas uma vez um time reverteu no jogo de volta uma derrota por dois gols de diferença sofrida no confronto inicial: nas oitavas de final de 2008, o América-MEX perdeu do Flamengo por 4 a 2 em casa, mas eliminou os cariocas em pleno Maracanã ao ganhar por 3 a 0 no segundo duelo.

    Ainda joga contra o São Paulo o retrospecto negativo de Edgardo Bauza como visitante em 2016. O time do Morumbi marcou dois gols fora de casa em apenas uma ocasião, no empate por 2 a 2 contra o Flamengo no dia 19 de junho. 

    Em 20 jogos como visitante em 2016, o São Paulo tem aproveitamento de 25%, fruto de nove derrotas, nove empates e apenas duas vitórias - contra Botafogo e Cruzeiro, ambas por 1 a 0. Na Libertadores, nenhuma vitória como visitante e apenas 22% de aproveitamento, com quatro empates e duas derrotas.

    Para chegar à decisão, o São Paulo terá que superar todo este retrospecto negativo. Um triunfo por 2 a 0 leva a decisão para os pênaltis. Vitórias por dois ou mais gols de diferença com outro placar garante a vaga na decisão.

    A volta acontece na próxima quarta-feira (13), na Colômbia. O time não contará com o zagueiro Maicon, expulso no primeiro duelo contra os colombianos. Bauza ainda acredita improvável os retornos de Paulo Henrique Ganso e Kelvin, que se recuperam de lesão.

     Post.p./Clélio Diniz 7jul2016 09hrs

  • Em sua 5ª edição, Corrida da Fogueia reúne 300 atletas em Serra Talhada

    O São João está chegando e com ele reaviva a tradicional Corrida da Fogueira, que nesta 5ª Edição, contou com quase 300 competidores de toda região do Sertão do Pajeú. O evento, promovido pela Prefeitura Municipal de Serra Talhada, por meio da Secretaria de Esportes começou bem cedo, e logo foram aparecendo os primeiros colocados em casa categoria.

    A corrida contou, ainda, com todos os cuidados com relação a segurança dos participantes, com o apoio do Corpo de Bombeiros, 14º Batalhão da Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal, além de toda segurança nos resultados, onde a empresa UPTempo, cronometrou todo o percurso e identificou todos que participaram da corrida com um chip.

    “Dessa forma é impossível que haja fraudes, já que o momento da chegada é registrado através do chip. Mesmo se duas pessoas chegarem juntas, o sistema é capaz de marcar os milésimos de segundo de diferença entre um e outro”, explica o Secretário de Esportes, Vinícius Feitosa.

    Postado por: Júnior Campos, segunda-feira (20) de junho de 16:35

     

  • Portas abertas para Tite.

     

    Ao lado o texto de críticas que Romário postou no seu instagran.

    Dunga não é mais o técnico da seleção brasileira. O treinador foi demitido nesta terça-feira depois de uma reunião na sede da CBF com Marco Polo del Nero. Gilmar Rinaldi, coordenador de seleções, também esteve presente e igualmente deixou seu cargo. O anúncio foi feito através do site oficial da entidade. A gota d'água para a saída foi a derrota para o Peru e a consequente eliminação da Copa América Centenário ainda na primeira fase da competição. A caminho do Rio de Janeiro, Tite é a opção número 1.

    Atualizando:

    Após quase três horas de reunião entre Tite e Marco Polo del Nero, a seleção brasileira segue, ao menos por ora, sem treinador. O técnico do Corinthians chegou à sede da CBF na noite desta terça-feira, horas depois de Dunga ser demitido, ficou reunido a portas fechadas com o presidente da confederação e deixou o local sem dar declarações. Ao final do encontro, a entidade informou apenas que foi uma boa primeira conversa, ainda não conclusiva. Outras reuniões, ainda sem data marcada, acontecerão para definir se Tite será ou não o novo técnico da Seleção, mas a CBF fará um novo contato nesta quarta-feira. A negociação está aberta.

    Do lado da CBF, o clima é de decepção, já que eles esperavam fechar com ele ainda nesta terça-feira. Durante a reunião, falava-se em otimismo e a CBF falou, após as quase três horas de encontro, que está confiante num desfecho positivo. Os dirigentes esperam que o treinador sinalize uma posição nesta quarta.Tite, que voltou de helicóptero para São Paulo, vai ter agora um novo encontro com o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, antes do treino desta quarta. O dirigente alvinegro está investindo pesado na permanência do treinador, argumentando que não é o momento de ele assumir a Seleção. Andrés Sanchez segue na mesma linha. Já os auxiliares mais próximos, Matheus Bachi (filho do técnico) e Cleber Xavier, acham que é o momento de ele aceitar o desafio.

    Post.p./Clélio Diniz 14jun2016 20hrs

  • Passeio ciclístico reúne 400 atletas e marca o fim das Oficinas Esportivas

     

    Voltado para alunos de escolas públicas municipais e estaduais, as oficinas que contemplaram 6 modalidades, como: futsal, handebol, vôley, ginástica, arte educação e esportes radicais; depois de uma semana inteira de atividades,  chegou ao seu final no último sábado (11).

     

    E pra fechar com chave de ouro e carimbar o sucesso do evento que reuniu cerca de 2.000 estudantes, a principal Avenida do centro comercial de Serra Talhada (Enock Inácio de Oliveira) foi tomada por centenas de ciclistas.

     

    Cerca de 400 atletas se inscreveram e participaram do passeio matinal, que ocorreu no último domingo (12).

     

    As Oficinas Esportivas aportaram no município de Serra Talhada, em sua primeira edição, graças a uma parceria firmada com o Governo Federal, através do Ministério dos Esportes; que para o Secretário de Esportes Municipal, Vinicius Feitosa foi mais que gratificante.

     

    “O nosso sentimento é de extrema felicidade, pois recebemos das famílias serra-talhadenses o agradecimento pela forma que foi conduzido o evento, que durante toda essa semana teve uma participação expressiva de toda comunidade escolar. Isso reforça o compromisso da gestão municipal em cuidar das pessoas e oferecer mais qualidade de vida”, destacou o Secretário.

     

  • Cartão vermelho para árbitro de Sport x Atlético(MG).

     

    O árbitro Rodrigo Nunes de Sá(Foto), que apitou o jogo entre Sport e Atlético-MG, neste domingo, na Ilha do Retiro, foi afastado pela Confederação Brasileira de Futebol após representação do Leão. Os rubro-negros contestaram principalmente os pênaltis marcados a favor do Galo. O jogo terminou empatado em 4×4.

    O mandatário da comissão, Sérgio Corrêa, já informou que pediu um relatório diante das reclamações e o árbitro está provisoriamente afastado até que a avaliação seja concluída.

    Rodrigo Nunes de Sá foi muito contestado pelos jogadores do Sport ao fim da partida, enquanto que o técnicoOswaldo de Oliveira lamentou bastante a atuação da arbitragem. 

    Post.p./Clélio Diniz 07junho2016 09hrs.

  • Sport quebra sequência de vitórias tricolor.

     

    Talvez nem o rubro-negro mais otimista esperava que o anúncio do atacante Edmilson seria o responsável pelo fim do jejum de oito jogos sem vencer do Sport na temporada. Criticado com direito a campanha da torcida para que não fosse contratado, o jogador foi o herói da vitória rubro-negra no Clássico das Multidões desta quarta-feira, no Arruda, pelo Brasileirão. Dos pés dele, saiu o único gol do duelo contra o Santa Cruz, que perdeu não só o jogo como a sequência invicta na temporada – eram 18 jogos sem perder. Um enredo que só um clássico com mais de cem anos pode render.

    Com o primeiro êxito na competição, o Sport vai para quatro pontos. O Leão, contudo, não saiu da zona de rebaixamento – é o 18º. O Santa, por outro lado, sai do G4 – é o quinto com sete. Na rodada seguinte, os pernambucanos duelam com os atléticos. Os rubro-negros recebem o mineiro, enquanto que os corais visitam o paranaense.

    Se alguém chegasse nesta quarta-feira sem saber as situações das duas equipes juraria que o Sport era o time que estava no G4 e o Santa Cruz brigando contra o rebaixamento. Isso porque o jogo foi todo do Leão, que só não venceu por uma placar maior devido às falhas dos seus jogadores – Serginho, Éverton Felipe e Diego Souza perderam oportunidades claras de matar o jogo. Ainda teve bola na trave de Gabriel Xavier, no segundo tempo. O favoritismo coral nem chegou perto de se desenhar após o apito inicial.

    Além do maior ímpeto ofensivo, os leoninos também demonstram maior atenção defensiva. Tanto que Magrão mal tocou na bola, a não ser para repor a bola. Mérito para o meio de campo da equipe do Sport, que marcou muito forte, ocupando bem os espaços. Nem parecia o time que dava seguidos espaços para os adversários nos jogos anteriores. Claro que o gol no começo do confronto ajudou e muito para o Leão fazer o seu jogo com maior tranquilidade

    Por outro lado, o Santa Cruz foi apático em campo. Aquela pegada que levou o Tricolor ao G4 da Série A foi inexistente. Os corais deram muitos espaços para os rubro-negros, principalmente para Diego Souza, que reinou no gramado. Na metade final do segundo tempo, o time de Milton Mendes se desorganizou ainda mais por conta das mexidas do treinador, que sacou vários defensores para colocar atacantes. A ousadia de Mendes, contudo, não surtiu efeito prático já que não houve nem pressão na reta final. A expulsão de Roberto também dificultou a vida dos donos da casa.

    Post.p./Clélio Diniz 01junho2016 23;30hrs.,

  • Sport:Sem vencer na temporada

     

    É certo que o Sport apresentou uma pequena evolução no duelo contra o Corinthians, na manhã deste domingo, na Ilha do Retiro. Mas mesmo tal crescimento ainda é muito pequeno para a disputa dura do Brasileirão. Mesmo sem envolver por completo os rubro-negros, os paulistas ainda conseguiram ser mais perigosos para sair com a vitória de 2×0 em oportunidades onde a qualidade do elenco pesou na hora de decidir. Lucca e Marquinhos Gabriel marcaram pelos visitantes.

    Com o resultado, o Sport amarga a lanterna da Série A com apenas um ponto e um gol marcado em quatro rodadas. Tão ruim quanto isso, só a sequência de oito jogos sem vencer na temporada. Na próxima rodada, as duas equipes têm clássicos pelas frente. Enquanto o Leão encara o Santa Cruz, no Arruda, o time paulista duela com o Santos, em casa.

    De um modo geral, o Sport foi uma equipe bem mais equilibrada em relação aos últimos jogos. Isso porque os rubro-negros apresentaram uma marcação mais arrumada, principalmente no primeiro tempo. Por conta desse aspecto, o Leão teve mais a posse de bola e ditou as ações da partida em muitos momentos do duelo. Poderia até ter aberto o placar se não fosse a trave no chute de Edmilson, estreante do dia, ou o goleiro Walter.

    Post.p/ Clélio Diniz 30maio 2016 20hrs.