• Prefeitos do Pajéu em Brasília, contas Carlos Evandro em pauta no TCE e o bom exemplo de Marconi

    Em Brasília: Marconi Santana de Flores, Luciano Duque de Serra Talhada, Tássio Bezerra de Santa Cruz da Baixa Verde, João Batista de Triunfo e Evandro Valadares de São José do Egito, todos estes prefeitos de municípios da região do Pajéu, estão em Brasília. Ontem, terça-feira (20), os gestores municipais estiveram na sede da CNM – Confederação Nacional dos Municípios participando de palestra, presidida pelo Ministro da Saúde, Ricardo Barros. Hoje, os gestores, estarão recebendo treinamento, com a finalidade de aperfeiçoar a fiscalização e arrecadação do Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza – ISSQN.

    No TCE: A Corte de Contas de Pernambuco julga nesta quarta-feira (21), o recurso interposto pelo Ministério Público de Contas, visando modificar o Parecer Prévio da Primeira Câmara do órgão de controle de contas, que recomendou à Câmara Municipal de Serra Talhada a aprovação, com ressalvas, das contas do ex-prefeito, Carlos Evandro, referente ao exercício financeiro de 2011.

    PSB e PT: Quem ainda duvida que o Partido dos Trabalhadores – PT, não irá compor o palanque da Frente Popular de Pernambuco, liderado por Paulo Câmara (PSB), visando o pleito eleitoral do ano em curso, pode ir tendo como certa a união. Socialistas temem a ascensão de Marília e sabem que, perderão a eleição no 2º turno. Para não correr o risco, a cúpula da legenda busca alternativas de “salvamento”, para o senador, Humberto Costa (PT) e o ex-prefeito do Recife, João Paulo do mesmo partido.

    Sem trégua: Sidney Oliveira (PSDB), derrotado pelo atual prefeito, Ricardo Pereira (PSB) voltou a engrossar o tom em direção ao gestor do município de Princesa Isabel-PB. O tucano denuncia o prefeito de fechar 10 (dez), escolas, de fechar o “único hospital gerido pelo município”, de atrasar salários dos servidores e fornecedores. Sidney ainda reclama do salário do prefeito: “um dos mais altos do país, R$ 18 mil” e de orquestrar no apagar das luzes de 2017, o aumento dos salários dos secretários municipais.  

    Bom exemplo: Enquanto se discute questões de segurança pública, em todo território nacional. Em Flores, município no Sertão do Pajéu, o prefeito Marconi Santana, está investido recursos do próprio tesouro municipal em instalação de câmeras de seguranças. Uma sala de vídeo monitoramento está sendo concluída e ter extensões, na cadeia pública e pelotão.

    Ontem em Brasília: E por fim, o prefeito Luciano Duque (PT), esteve nesta terça (20), com Fernando Filho, Ministro de Minas e Energia do governo Temer do PMDB. Duque diz que, no encontro tratou da “modernização do Parque de Iluminação Pública do município, que carece de investimentos para o seu melhoramento”.

  • Senado aprova intervenção na segurança do RJ

     

    Senado aprovou, na noite desta terça-feira, por 55 votos a 13, a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. Com a decisão dos senadores, a medida decretada pelo presidente Michel Temer (MDB) na última sexta-feira seguirá valendo até o dia 31 de dezembro de 2018, conforme prevê o texto. O decreto, que estava em vigor desde a sua publicação, na sexta, já havia sido aprovado na Câmara dos Deputados no início da madrugada desta terça, por 340 votos a 72.

     

    A sessão no Senado estava prevista para as 18h, mas se iniciou por volta das 20h40 e só terminou pouco antes da meia-noite. Os parlamentares votaram e aprovaram o relatório do senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), que foi escolhido relator pelo presidente da Casa, Eunício Oliveira (MDB-CE), e se posicionou favoravelmente à intervenção da União na segurança fluminense.

     

  • Líder da ala Duquista na CMST, joga enxurrada de “verdades” na cara do líder oposicionista

     

    A novela protagonizada pelos líderes do Governo e da Oposição em Serra Talhada, na Câmara de Vereadores da cidade, ganhou mais um capítulo na sessão de ontem, segunda-feira (19).

     

    Dessa vez, O Vereador André Maio, líder da ala Duquista na CMST, resolveu jogar uma enxurrada de “verdades” na cara do líder oposicionista Antônio de Antenor.

     

    Maio, ao usar a palavra dirigiu-se a Antenor com fala afirmativa e denunciadora de seu comportamento na casa enquanto parlamentar e, disparou suas flechas verbais afirmado que “Vossa Excelência falta com a verdade sempre, e tem que falar a verdade; diz uma coisa e faz outra aqui dentro. Lá atrás eu procurei Vossa Excelência para apaziguar as coisas, e pedi que a gente deixasse essas brigas de lado e, Vossa Excelência disse que NÃO! Vive aqui somente de ataques e mais ataques”, desabafou o líder do governo lançando no rosto de Antenor seu suposto comportamento de fazer “oposição por oposição”.

     

    André Maio, ainda acusou o chefe da bancada opositora de discriminação religiosa, pois de acordo com a fala do próprio André, Antônio de Antenor já teria declarado à Mídia local que ele (André Maio), se escondia atrás da Bíblia.

     

    Ao finalizar seu discurso, o líder da gestão Luciano Duque, ainda carimbou o ferrenho adversário perguntado: “Qual o projeto que o senhor já fez em prol da população de Serra Talhada?”.

  • Câmara aprova intervenção federal na segurança pública do RJ

    A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta terça-feira, por 340 votos a 72, a intervenção federal na segurança públicado Rio de Janeiro. A sessão se arrastou por sete horas e terminou às 2h15.

    Com a decisão da Câmara, o decreto, que está em vigor desde a sua publicação, na sexta, segue para votação no Senado.

    A intervenção federal no Rio de Janeiro é a primeira medida do gênero a ser apreciada no Congresso brasileiro desde a promulgação da Constituição de 1988.
     

  • Em ST, vereador diz que Câmara assumiu atestado de incompetência e faz duras críticas a Sebastião

    Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Vereadores de Serra Talhada desta segunda-feira (19), o Vereador governista José Raimundo, mais conhecido como ‘Zé Raimundo’, usou o microfone da tribuna da Casa legislativa do município para emitir de forma crítica e irônica seu ponto de vista sobre o Governador Paulo Câmara e sobre Sebastião Oliveira, secretário de transportes do Governo do Estado.

    Zé Raimundo criticou as comemorações do Governo Estadual com relação à uma suposta melhora nos índices de segurança no estado, e disse que “essa comemoração exagerada do Governador, que não dá nem condições para que a Polícia Militar possa desempenhar bem o seu papel na segurança, é assumir de vez um atestado de incompetência”, criticou o Vereador argumentando que, em Pernambuco agora só existe o “Pacto da Morte”, referindo-se de forma antagônica ao Programa Pacto Pela Vida criado ainda na época do ex-governador Eduardo Campos.

    Na visão e nas palavras de Zé Raimundo, com Paulo, esse programa faliu, e não é condizente com nenhum tipo de êxito, como acham os ocupantes do Palácio do Campo das Princesas.

    Ao mirar seu discurso no principal adversário político do Prefeito Luciano Duque, o ‘Azulão’ Sebastião Oliveira, Zé foi bem mais irônico, e rebateu as críticas feitas por Oliveira a setores da imprensa Serra-talhadense contra o sistema da Zona Azul implantado na cidade ainda na primeira gestão de Duque declarando que, “infelizmente quem só vive pelo ar não pode fazer um comentário real do quanto o trânsito da cidade melhorou. Quem anda em Serra Talhada pode constatar isso. Agora, quem anda e vive por cima, não tem como tecer qualquer comentário real da situação do trânsito da cidade”, ironizou. 

  • Petistas já discutem estratégias em caso de prisão de Lula

    Enquanto torcem para que o Supremo Tribunal Federal (STF) conceda um habeas corpus em favor de Luiz Inácio Lula da Silva, petistas próximos ao ex-presidente discutem o que fazer caso o líder máximo do partido vá para a prisão. Os petistas calculam que, se consumada, a prisão de Lula deve ocorrer em março.

    O debate ainda não foi colocado formalmente para deliberação das instâncias partidárias, mas um grupo restrito formado por dirigentes, parlamentares, ex-ministros e líderes de movimentos sociais tem conversado sobre quais ações podem ser postas em prática enquanto Lula estiver detido.

    As discussões vão desde a estratégia eleitoral em caso de impedimento do ex-presidente até mobilizações de rua, campanhas na internet e o comportamento do próprio petista na cadeia. Segundo um membro do partido próximo de Lula, o ex-presidente não vai reconhecer “moralmente” a condenação a 12 anos e 1 mês de prisão imposta pelo Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), não deve ser um preso dócil e “vai dar trabalho”.

     

    Alguns petistas chegam a falar em greve de fome, mas auxiliares mais próximos do ex-presidente garantem que Lula nunca cogitou a ideia. Ele ficou seis dias sem comer quando foi preso em 1980, durante a ditadura militar, por liderar uma paralisação de 41 dias dos metalúrgicos do ABC. Mas em 2005, quando era presidente, Lula criticou essa forma de protesto quando o bispo Luiz Flávio Cappio fez uma greve de fome contra a transposição do Rio São Francisco. “Greve de fome é judiar do próprio corpo”, disse Lula, à época.

  • Após roubar carro de taxista e fugir da polícia, criminosos são capturados em Flores

     

    Dois criminosos se passaram por clientes e pegaram um táxi na rodoviária de Serra Talhada na noite desse sábado (17) com destino a Santa Cruz da Baixa Verde.

    O 14º BPM informou que no trecho da PE-365 próximo ao Bar do Grilo, a dupla, que estava armada, anunciou assalto e levou o Siena do taxista por volta das 21h.

    Os bandidos mandaram o proprietário descer e continuaram a viagem na direção do município de Triunfo. Eles só não contaram com a ação rápida da Polícia Militar. Grupos táticos de Triunfo, Santa Cruz e Flores passaram a fazer bloqueios e rondas intensivas na região.

    “Devido à operação montada rapidamente pelo 14º BPM, os indivíduos, que já estavam cercados, colidiram o veículo próximo à entrada do Brocotó e adentraram na caatinga”, relatou a PM, por meio de boletim.

    BUSCAS NA MADRUGADA

    A operação da PM seguiu na madrugada até que o Siena da vítima foi localizado. Por volta das 2h da manhã deste domingo (18), os policiais militares localizaram os assaltantes.

    Eles foram flagrados pelo policiamento dando entrada em uma pousada na cidade de Flores. Levados à Delegacia de Serra Talhada, a dupla acabou reconhecida pelo dono do Siena e autuada em flagrante.

    A partir desta segunda, eles serão encaminhados para audiência de custódia, onde o juiz irá decidir se serão levados à cadeia ou liberados.

    APREENSÃO

    Com a dupla, a PM conseguiu apreender um revólver, um facão, maconha, chaves e grampos possivelmente para abrir cadeados e fechaduras e ainda à quantia de R$492 em dinheiro. Fonte: Farol de Notícias

  • Auxiliar de Duque desqualifica PSB, Marconi recebe prêmio e o motivo de Ricardo ser contra Aledson

    REPERCUTINDO: A ida de Paulo Câmara, governador de Pernambuco, com Renata Campos, a São Paulo, ‘visitar’, o ex-presidente Lula, sustentada pela justificativa de que, se tratou de uma retribuição feita ao ex-presidente, pelo gesto feito a viúva, ao visitá-la em sua casa no Recife-PE, não foi ‘digerida’ pela militância do Partido dos Trabalhadores – PT, aguerridos em nome da pré-candidatura de Marília Arraes (PT). 

    Luciano Duque, do mesmo partido, prefeito de Serra Talhada, que lançou a vereadora contra o Palácio das Princesas, tratou logo de desqualificar a agenda de Câmara com Lula. Marília também fez coro e por fim, neste domingo (18), o auxiliar de Duque, na pasta de comunicação, Divonaldo Barbosa – este militante histórico da legenda, com uma forte inserção entre os movimentos ligados ao PT, principalmente da capital, Barbosa manda um claro recado para os que estão resistentes (João Paulo, Humberto Costa e Bruno Ribeiro), ao nome da neta de Arraes.

    Não contem com a nossa tropa para servir de trampolim para golpistas. Estamos firmes com aqueles e aquelas que querem ver Pernambuco mudar e voltar a ser respeitado em nosso país. Estamos com Marília Arraes para que o nosso povo volte a ter esperança de dias melhores”.

    OPINIÃO PÚBLICA: Prefeitos, vereadores, radialistas, secretários municipais, médicos e outros profissionais da região do Pajeú receberam nesse sábado dia 17 de fevereiro, na cidade de Triunfo, Medalha e Certificado do Instituto Excelência.   O município de Flores teve grande representação. O prefeito Marconi foi reconhecido, como gestor excelente. A vereadora governista Jeane Lucas, por atuação parlamentar e o Sargento Lino da Polícia Militar, por coordenar o curso de sargento, aqui no 14 º BPM.

    AINDA EM TRIUNFO: Serra Talhada, também foi prestigiada. Márcio Oliveira, vice de Luciano Duque, cotado para sucessão foi premiado. Além de Márcio, os vereadores, Nailson Gomes e Ronaldo Dja – ambos governistas.

    OPOSIÇÃO: Os vereadores de Carnaíba, Neudo da Itan e Gleybson Martins – este último eleito para presidir o parlamento no próximo biênio - ainda comemoram a derrota imposta ao ‘time’ governista. A dupla promete fazer marcação cerrada ao prefeito, Anchieta Patriota (PSB).

    PREFEITO CONTRA O VICE: Em Princesa Isabel, aliados de primeira hora do Prefeito Ricardo Pereira (PSB), não concordam com a insistência do prefeito em não apoiar a candidatura de Dr. Aledson Moura, seu vice, para deputado estadual. Em reserva, um governista afirma que, Ricardo “tem medo da ascensão polícia de Dr. Aledson”.  

  • Paulo fala sobre encontro com Lula: Sabemos o caminho que queremos tomar

     

    Um dia após se encontrar com o ex-presidente Lula (PT) em São Paulo, o governador Paulo Câmara (PSB) afirmou que a visita aconteceu como uma espécie de retribuição à ida do petista à casa da ex-primeira dama do estado, Renata Campos, no ano passado. Mas, apesar de não admitir que tratou da aliança entre PSB e PT, o socialista fez questão de destacar que “sabe o caminho que vai tomar”.


    “Nós estamos desde o ano passado conversando com todas as forças políticas de centro esquerda no País. Fizemos uma visita ao presidente Lula, até porque ele tinha nos visitado no ano passado e conversamos sobre o Brasil. Ainda é muito cedo para ver alianças aqui em Pernambuco, mas a gente sabe o caminho que a gente quer tomar e o caminho que a gente não vai tomar”, pontuou.

    Na sua visão, a sintonia com o ex-presidente também se dá pelas críticas relacionadas ao governo Michel Temer (MDB). “Temos sérias críticas à forma como o Brasil vem sendo administrado e fomos conversar com um presidente, que fez muito por Pernambuco, que ajudou Pernambuco, que tem experiência e é sempre importante ouvir buscando alternativas para o Brasil voltar a crescer e a gerar emprego e renda”, colocou Paulo Câmara, durante a nomeação do Padre Luciano Brito como vigário geral da Arquidiocese, nesta sexta-feira (16).

    A cerimônia contou com a presença de Renata Campos, que também esteve no encontro com Lula, junto com seu filho, João Campos, que é chefe de gabinete do governadora. A primeira dama, Ana Luiza, e a vice primeira dama, Luiza Nogueira, também prestigiaram o evento.

    Fonte: Folha de Pernambuco

  • Duque reage ao encontro de Paulo e Lula e manda recado para o PSB e imprensa

    Imagem: Sabrina Oliveira

    O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque do Partido dos Trabalhadores – PT, não demorou em reagir, quando leu no blog de Júnior Campos, 2018: Câmara e Renata Campos se encontram com  Lula em São Paulo

    Homem da linha de frente da pré-candidatura da Neta de Arraes e vereadora do Recife - Marília Arraes - sem demora Duque, tratou logo sustentar o discurso em defesa do nome da adversária de Paulo Câmara (PSB), defendendo que o partido é unanime em direção ao nome da vereadora.

    “O projeto de candidatura própria está maduro e consolidado ,é unânime a opinião de toda a base pela escolha do fortalecimento do partido com a escolha de um nome para disputa . Qualquer movimento que altere essa rota é golpe.

    Na visão de Duque, o encontro de Câmara em São Paulo, ontem, com o ex-presidente Lula, não passa de manobra. O prefeito ainda aproveitou para mandar um recado para setores da imprensa que sustentam a tese de união entre o PT e PSB.

     “Companheiros não se intimidem com as manobras dos adversários e tão pouco com as especulações da imprensa . Vamos à luta”, disse o prefeito, completando:

    “Se no PT tiver a democracia que exige dos outros e seguir as normas internas que disse que deveriam ser observadas no impeachment, Marília é candidata”, cobrou.

    O prefeito ainda sustentou que, não tem dúvida que o processo de eleição direta está construído e consolidado e que não vai se intimidar com “ilações e manifestações que não sejam do círculo interno do partido”.

    Luciano Duque finalizou, com um recado direto ao presidente da legenda em Pernambuco.

    “O presidente Bruno irá comandar todo o processo respeitando a democracia e opinião do conjunto do partido. Quem apostar em outro caminho vai quebrar a cara”, cravou.

  • Política Luciano Huck confirma que não será candidato à Presidência

    O apresentador Luciano Huck não será candidato à Presidência da Repúblicanas eleições de 2018. A informação foi confirmada por sua assessoria de imprensa, nesta quinta-feira (15).

     

    Esta é a segunda vez em que Huck nega publicamente ser candidato à disputa da Presidência. Em novembro, em um artigo publicado na Folha de S. Paulo, o apresentador já havia rechaçado entrar na política.

     

    Em seguida, no entanto, pediu para ter o nome mantido em pesquisas de intenção de voto e chegou a 8% da preferência do eleitorado na mais recente pesquisa do Datafolha, divulgada há duas semanas, empatando com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin(PSDB), em um cenário sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

  • 2018: Câmara e Renata Campos se encontram com Lula em São Paulo

     

    Enquanto a vereadora do Recife, Marília Arraes do PT se movimenta, para obter do Partido dos Trabalhadores - PT, a credencial para disputar a cadeira de governadora de Pernambuco, hoje ocupada por Paulo Câmara, pré-candidato à reeleição. O ex-presidente, Lula (PT),  segue sinalizando que a legenda deverá  compor com à Frente Popular de Pernambuco, liderada por Câmara. 

     

    No início da noite desta quinta-feira (15), Câmara usou o seu perfil no facebook para registrar um encontro que teve no instituto Lula, em São Paulo, com líder petista. Renata Campos, esposa do ex-governador, Eduardo Campos (falecido), acompanhou o governador.

     

    "Me reuni na tarde desta quinta-feira (15/02), em São Paulo, com o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. A ida ao Instituto Lula foi uma retribuição à visita que Lula fez à casa de Renata, em agosto do ano passado, e a recente entrevista dada pelo Ex-Presidente ao Programa de Geraldo Freire", justificou Câmara.

     

    Paulo ainda completou escrevendo que, com o ex-presidente, conversou sobre o Brasil, "sobre os desafios que temos para fazer o País voltar a crescer, principalmente para gerar empregos para o nosso povo, em especial os nordestinos, tão afetados pela atual crise".

     

    O encontro também contou com as presenças da presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad e do chefe de Gabinete do Governo de Pernambuco, João Campos. 

     

  • Professora morre após estrutura de telão desabar em escola de Sertânia

    Uma professora morreu após a estrutura de um telão desabar na Escola Etelvino Lins, em Sertânia, no Sertão de Pernambuco.

    O acidente aconteceu na manhã desta quinta-feira (15) durante uma capacitação para cerca de 300 professores que ocorria na quadra da unidade de ensino. Na queda, a docente Aldenice Lúcio da Silva Lima, 56 anos, foi atingida.

    Alda, como era conhecida, era professora da Escola Técnica Arlindo Ferreira do Santos, casada com o funcionário público Walmir de Lima e cunhada do vereador José Ivan de Lima.

    Segundo familiares da vítima, ela era natural de Sertânia, casada e mãe de um casal de filhos. Ela era professora de uma escola municipal e de informática da Escola Técnica Estadual Arlindo Ferreira dos Santos

    O painel de ferro desabou por volta das 9h30. A mulher ainda chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

    Um secretário municipal de Serviços Públicos de Sertânia, Renato Renagio, e o chefe de gabinete Tássio Henrique também ficaram feridos, mas sem gravidade. Tassio também é diretor da Monteiro FM.

    Segundo a Prefeitura de Sertânia, a capacitação acontece todos os anos no início do período letivo.

    Durante o evento, estava presente o prefeito Ângelo Ferreira (PSB),mais o Secretário Júlio César e vereadores. Ângelo está acompanhando a família da professora no Hospital Regional de Arcoverde,onde ela faleceu após dar entrada.

    Fonte: Nill Júnior

  • Danilo Cabral apresenta emendas excluindo a Chesf das privatizações

     

    O deputado federal Danilo Cabral protocolou hoje (15), na Câmara dos Deputado, um conjunto de propostas de emendas à MP 814 – Medida Provisória que deflagra o processo de venda do setor energético brasileiro -, que excluem a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) e a Eletrobrás do processo das privatizações. Elas são parte de um conjunto de propostas que o deputado defende para preservar as duas estatais brasileiras como empresas públicas.

    Danilo, que é presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Chesf, tem sido um dos mais duros críticos, no Congresso Nacional, contra as privatizações. "Vender a Chesf é vender o Rio São Francisco, que pertence ao povo nordestino e vender a Eletrobrás é assinar o aumento da tarifa de energia, uma vez que a Agencia Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) já divulgou um aumento de 17%, com a venda da Estatal", disse, argumentando que o povo não suporta mais aumento nas tarifas. Tivemos agora uma subida exorbitante no preço da gasolina, luz e gás".

    O conteúdo das Emendas ganhou reforço de uma comissão de trabalhadores, representantes da Eletrobrás e suas subsidiárias. O grupo debateu o tema com o deputado, em Brasília, pouco antes do Carnaval. Sobre a emenda que exclui a Chesf do processo de venda proposto pela MP 814, o deputado lembra que a mesma vai em encontro com o que solicitaram os Governadores do Nordeste em documento entregue ao Presidente Temer e ao Ministro de Minas e Energia, Fernando Filho.

    Outras estratégias para barrar as privatizações, também estão na mira do deputado. Ele já solicitou ao seu Partido – o PSB, para ser o titular da Comissão que vai debater e apresentar o relatório da MP.

    Danilo questiona também, o preço que estão querendo vender a Eletrobrás. Ele defende que estudos e análises econômicas e financeira precisam ser feitas, antes de qualquer coisa. Ele propõe que os números sejam apresentados em audiência pública e que sejam validados pelo Tribunal de Contas da União (TCU). "O Tribunal já manifestou sua preocupação com a pressa do Governo nesta venda e sobre o valor sugerido e nós não vamos deixar que esse processo seja deflagrado sem que o TCU se manifeste", afirmou, reforçando o questionamento do Ministro do TCU, Vital do Rêgo, de que o valor mínimo de venda da Eletrobrás só seja definido depois de estudos técnicos e financeiros relacionados às atividades da empresa, bem como a expectativa de lucro que ela possa gerar. O Governo Temer anunciou o valor de R$ 12,2 bilhões para venda da Empresa.

  • Defendo Câmara das críticas de Sinézio, Gilson diz que o PT ‘está vindo de cavalo para se aliarem’

     

    Imagem: Arquivo Júnior Campos

    Na última sessão realizada na CMST - Câmara Municipal de Vereadores de Serra Talhada -, O Vereador petista e pré-candidato a Deputado Estadual, Sinézio Rodrigues, e o Vereador que se auto intitula ‘Independente’, Gilson Pereira do PROS, roubaram a cena durante suas falas.

    Sinézio usou a tribuna para metralhar e cobrar promessas do governador que segundo ele, não foram cumpridas, e disparou contra Paulo Câmara dizendo que “o Governo do PSB é um governo reprovado por 67% dos pernambucanos; é um governo que não paga bem os policiais militares, que sequer, cumpriu a promessa de pagar um piso salarial digno aos professores do estado; e esse Governador ainda ousa querer tentar se reeleger!”, declarou Sinézio mostrando-se indignado.

    No entanto, logo após seu discurso crítico e incisivo, o petista teve como surpresa, não um dos vereadores do PR para fazer a defesa de Paulo Câmara, mas o dito ‘Independente’ Gilson Pereira, que avaliou as declarações do petista com um tom de ironia dizendo: “Gosto muito de Sinézio pela sua inteligência. Não estou aqui para defender ninguém; sou independente, mas muito me admira que ele critique assim o PSB do Governador que, o partido dele (de Sinézio), está vindo correndo de Cavalo para se aliarem”, alfinetou Pereira.

    Parece que as definições de alianças para as eleições em Pernambuco, neste ano, ainda não estão bem definidas como querem Sinézio e outros petistas entorno da candidatura própria de Marília Arraes pelo PT; e por outro lado, Gilson Pereira ainda se mostra um independente muito dependente de criticar qualquer petista que critique alguém ou alguma coisa na Casa de Leis de Serra Talhada.

  • Dodge se manifesta contra habeas corpus preventivo para Lula

    A procuradora-geral da República Raquel Dodge se manifestou nesta quarta-feira contra habeas corpus preventivo pedido pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

    Advogados recorreram ao ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) para evitar a prisão do petista por execução de sua pena de 12 anos e um mês imposta pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) no caso tríplex.

  • Deputado diz que Sebastião não tem espírito público e que, Rosimério se contradiz

    As críticas contra o Secretário de Transportes do Governo do estado de Pernambuco, Sebastião Oliveira, continuam à tona, e por parte de integrantes da própria base governista de Paulo Câmara.

    Mais um Deputado Estadual da Alepe - Assembleia Legislativa de Pernambuco -, e apoiador do governo, mostrou sua insatisfação com Sebastião, durante entrevista na tarde desta segunda-feira (12), ao programa O X da Questão, da Rádio Líder FM, em Serra Talhada.

    Rodrigo Novaes disse “faltar espírito público em Sebastião, e que ele faz a Secretaria de Transportes uma ilha no qual ele se acha o próprio governador”, criticou. Rodrigo também frisou que Oliveira deveria se comportar como funcionário do governador e do povo.

    O Deputado florestano ainda aproveitou o ensejo para falar sobre seu mais novo ex-aliado, o Vereador serra-talhadense Rosimério de Cuca, e declarou que o parlamentar municipal é bastante contraditório, pois ele (Rosimério), que um dia lhe chamou de irmão, agora faz afagos ao PR de Sebá e de Rogério Leão.

    Por ocasião desse episódio, Rodrigo Novaes chegou a afirmar que a prática de cooptação de aliados dele pelo grupo de Leão e Oliveira já foi feita até na cidade de Serrita, indicando que as ‘cooptações republicanas’ continuam em andamento não só em Serra, mas também em outros municípios.

  • O sucesso do bloco azul e a nova edição de 2019: ‘Os Azulões Misteriosos’

     

    Imagens: Max Rodrigues do Farol

    Nesta última quinta-feira (08), Sebastião Oliveira junto com outros integrantes da oposição serra-talhadense, organizaram e realizaram pela primeira vez um carnaval partidarizado para a população do município, intitulado ‘O Bloco do Azulão’.

    O nome do bloco que arrematou centenas de pessoas para caírem na folia é uma clara alusão à cor e ao partido da oposição ao Governo Duque, o PR – Partido da República, que é liderado pelo Secretário do Governo Paulo Câmara, popularmente chamado pelos seus eleitores e amigos na cidade, de “Sebá”.

    No entanto, vale ressaltar que esta primeira edição do chamado Bloco do Azulão, caiu como uma “coincidência cheia de providência” justamente num ano de pleito eleitoral.

    Outro fato que chama à atenção, é que, questionado pelos comunicadores da Rádio Líder FM, na tarde desta sexta-feira (09), quando falava com os mesmos por telefone, sobre o futuro do Bloco e se ele iria continuar a ser realizado em Serra Talhada, Oliveira aproveitou para além de respondê-los, alfinetar o Prefeito Luciano Duque (PT).

    O Azulão Sebá, disse que “já estamos planejando a segunda edição do Bloco. Se o prefeito não faz Carnaval em Serra Talhada, nós fazemos”, alfinetou; e ainda frisou em sua fala que o evento não foi bancado com dinheiro público, mas sim, com dinheiro privado.

    Sebastião Oliveira, não deixou essa questão de quem bancou ou não o Bloco Azul muito bem esclarecida; falou em parcerias com empresários, porém, o Secretário acabou criando outro bloco para a opinião pública de Serra Talhada com suas declarações: ‘Os Azulões Misteriosos’.

     

  • Oposição critica dívida do Estado com fornecedores e prestadores de serviço na saúde

     

    A bancada de oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) voltou a criticar o Governo Paulo Câmara (PSB), nesta quarta-feira (7). Desta vez, o colegiado focou nas dívidas com os fornecedores e prestadores de serviços - que somaram mais de R$ 1 bilhão, em 2017. Só na saúde, segundo dados do Portal da Transparência e do Portal Tome Conta, do Tribunal de Contas do Estado, citados pelos oposicionistas, foram R$ 238,8 milhões de débitos rolados de um ano para o outro. Os números foram debatidos durante apresentação do secretário da Fazenda, Marcelo Barros, na Comissão de Finanças, Orçamento e Tributação da Alepe.

    Segundo os números apresentados, R$ 119,5 milhões são referentes à prestação de assistência médica e ambulatorial. De acordo com o líder da bancada, deputado Silvio Costa Filho (PRB), os números refletem a situação difícil do Estado. 

    “Enquanto a retórica do PSB é que o governo fez o seu dever de casa e manteve o equilíbrio fiscal, os números mostram o contrário, o que tem reflexo direto nos serviços prestados à população, assim como na baixa taxa de investimento apresentada nos últimos anos. Em 2017, Pernambuco investiu apenas 5,3% da sua receita corrente líquida, enquanto Ceará investiu 12,3%, o Piauí 10,5% e a Bahia 10,4%. Foi o terceiro pior resultado da Região Nordeste”, comparou o oposicionista.

    Para ele, a falta de compromisso com o pagamento a fornecedores e prestadores de serviço tem impacto direto na queda da qualidade do atendimento à população. Segundo levantamento realizado pela oposição, mais de 10% dos débitos em aberto são referentes a dívidas com OSs que administram as unidades de saúde estaduais, com prestadores de serviços e fornecedores de insumos e medicamentos. As informações dos oposicionistas apontam ainda que entre os maiores credores do Estado, os fornecedores da área de saúde tinham a receber R$ 126,82 milhões em 31 de dezembro. 

    Ainda segundo Silvio Costa Filho, a reincidência do elevado volume de restos a pagar e os atrasos nos pagamentos aos fornecedores cria um clima de insegurança no setor produtivo, além de contribuir para o aumento do desemprego e reduzir a confiança dos empresários para realizar investimento
    s.

     

  • Rodrigo Novaes comemora anúncio de obras em estradas do Sertão

     

    A retomada e início de obras em estradas no Sertão Pernambucano foram registrados pelo deputado Rodrigo Novaes (PSD) no Grande Expediente desta quarta (7). Em diálogo, na semana passada, com o secretário estadual de Transportes, o parlamentar apurou que as regiões do Araripe, Itaparica e São Francisco deverão ser contempladas ainda neste semestre.

     

    O distrito de Carimirim, em Moreilândia (Sertão do Araripe), será um dos beneficiados. “Nas próximas semanas, encerrado o processo de licitação, a obra terá início”, contou na tribuna. Também na região, no município de Bodocó, o distrito de Sipaúba está com estrada assegurada, de acordo com o parlamentar. “A obra da PE-449, conhecida como Estrada da Cebola, que liga Cabrobó (Sertão do São Francisco) a Terra Nova (Sertão Central), já conta com ordem de serviço”, acrescentou.

    No Sertão de Itaparica, a requalificação da rodovia PE-425, no trecho entre os municípios de Floresta e Carnaubeira da Penha, será concluída. “Trata-se de um eixo importante que trará um novo caminho entre Paulo Afonso, na Bahia, e o Estado do Ceará”, destacou. O deputado também adiantou que o acesso à Barra do Tarrachil, em Belém do São Francisco, será garantido ainda neste semestre. “O secretário comprometeu-se em tirar do papel todos esses importantes projetos”, reforçou.