• Em tom de indignação Sinézio diz que, a Celpe tem contribuído para o aumento de furtos e violência

    Na sessão ordinária desta segunda-feira (23), o vereador Sinézio Rodrigues, do Partido dos Trabalhadores – PT, não se intimidou em sustentar duras críticas em direção a Companhia Energética de Pernambuco – Celpe, ainda responsável, por foça de liminar, pela manutenção da iluminação pública do mesmo município. Cansado de esperar, Rodrigues disse que vai ingressar com uma denúncia contra a concessionária de energia, no Ministério Público de Pernambuco – MPPE.

    “Tem reivindicação nossa que vai completar um ano e, não foi solucionado, o problema de uma iluminação pública. Então, esta semana a gente vai procurar o Ministério Público para denunciar, para que o Ministério Público possa tomar providência, no sentido de fazer, com que, a Celpe, cumpra o papel de fazer a iluminação pública”, avisou o parlamentar, continuando:

    “A gente sabe que a parte governo municipal é de Praças e canteiros...que estamos cobrando também ao governo, que pelo menos estamos sendo atendidos. Pode não ser, em sua totalidade, por que é impossível. Mas, da forma como a Celpe está deixando o município, isso contribuiu para aumentar a violência e furtos em nosso município”, discursou Sinézio em tom de indignação.

  • Contas rejeitadas: TCE julga recurso interposto por prefeito de Afogados nesta terça (24)

     

    A 1ª turma da Corte de Contas de Pernambuco julga nesta terça-feira (24), os embargos de declaração interpostos por, José Patriota (PSB), prefeito de Afogados da Ingazeira, contra o acórdão que julgou irregulares as contas de gestão da prefeitura de Afogados da Ingazeira, no exercício financeiro de 2017, imputando-lhe um débito solidário com AMUPE – Associação Municipalista de Pernambuco, ao Gildázio Moura, então secretário de saúde.

    O tribunal ainda, julgou, irregular, por maioria as contas de Veratânia Larceda, então secretária de saúde, também, imponde-lhe multa. A relatora do processo é a conselheira, Teresa Duere.

  • Defesa de Lula entra com recursos para ir ao STJ e STF contra condenação no caso do triplex

     

    A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) entrou no final da noite desta segunda-feira (23) com dois recursos no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) contra a condenação no caso do triplex em Guarujá (SP). A defesa pediu para o caso ser levado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao Supremo Tribunal Federal (STF), ambos em Brasília.


    Antes de chegar a Brasília, os recursos especial (no STJ) e extraordinário (no STF) serão submetidos à vice-presidência do TRF-4, responsável pelo juízo de admissibilidade – uma espécie de filtro de acesso às instâncias superiores.


    Se for o caso, os autos serão remetidos ao STJ que, concluindo o julgamento, pode remeter o recurso extraordinário ao STF.


    No STJ, poderá ser apresentado recurso especial se a defesa apontar algum aspecto da decisão que configure violação de lei federal, como o Código Penal ou de Processo Penal. No STF, caberá recurso extraordinário se os advogados apontarem que a decisão do TRF-4 viola a Constituição.


    Caso Lula continue preso nessa fase de recursos, a defesa poderá também pedir aos tribunais superiores a soltura do ex-presidente, para que ele recorra em liberdade.

  • Prefeitos sertanejos acompanham ato em defesa da agricultura familiar

    O governador Paulo Câmara entrega agora pela manhã 15.550 kits com equipamentos para a estruturação de ações produtivas para a agricultura familiar de 87 municípios de Pernambuco beneficiadas pelo programa Pernambuco Mais Produtivo.

    O caráter produtivo faz parte do Programa Segunda Água (Cisternas Calçadão), financiado com recursos da União, via Ministério de Desenvolvimento Social. O investimento na ação é da ordem de R$ 22 milhões.

    Serão entregues o Kit Roçadeira, que contém roçadeira semi-florestal com itens acessórios (corte de arbustos, capineira e roço),  bota e  óculos de proteção; e o Kit Forrageira, que contém  forrageira com cabo de extensão elétrico de 10 metros.

    Do Pajeú, participam Djalma Alves (Solidão), Zeinha Torres (Iguaracy), Vaninho de Danda (Santa Terezinha), Tião de Galdêncio (Quixaba), Marconi Santana (Flores), Anchieta Patriota (Carnaíba) e Mário Flor (Betânia).

    Fonte: NillJúnior

  • Triunfense é presa tentando fraudar concurso

     

    A Polícia Federal autuou em flagrante na noite deste domingo (22), uma mulher de 27 anos, solteira, suspeita de fraudar concurso público do Conselho Regional de Farmácia para vários cargos, entre eles o de Analista de Gestão de Pessoas.

     

    Na ocasião, a mulher que é natural de Triunfo-PE, mas reside em Ouro Preto, Olinda, foi descoberta com um relógio de pulso com acesso à internet, que estava escondido por baixo da manga da blusa, condição terminantemente proibida pelo edital do certame.

     

    Ao ser descoberta, a candidata que ia constantemente ao banheiro, foi comunicada da eliminação do concurso, mas continuava insistindo em ir ao banheiro.

     

    Policiais Militares do 19º BPM, localizado no Pina, Zona Sul do Recife, foram acionados para registrar a ocorrência.

     

    A suspeita informou aos fiscais e aos militares que outro candidato que estaria realizando a prova, seria o beneficiário dos dados dos gabaritos repassados através do relógio.

     

    De acordo com a polícia, o homem que supostamente estaria em uma das salas, já havia deixado o local, por isso, não foi possível realizar sua prisão.

     

    Prisão: A mulher que é graduada em administração de empresas, recebeu voz de prisão em flagrante e encaminhada para a Delegacia de Polícia, em Boa Viagem, mas em função do crime ser de competência federal, o caso foi devidamente encaminhado à Polícia Federal, onde foi realizada a autuação pela prática do crime contido no artigo 311-A c/c artigo 14 inciso II, do Código Penal Brasileiro (fraudes em certames de interesse público), e, caso seja condenada poderá pegar penas que variam de 1 a 4 anos de reclusão.

     

    Liberada: A mulher pagou fiança e foi submetida a exame de corpo de delito no IML e vai responder o crime em liberdade.

     

    Ela informou que receberia a importância de R$ 35 mil reais, que seria paga apenas em caso de aprovação em acordo com o candidato.

    De acordo com a acusada, as respostas seriam enviadas do relógio eletrônico, para outro dispositivo que estaria em posse do candidato, mas que não chegou a enviar os dados por ter vários tipos de provas.

    Via Jornal do Comercio

  • Prazo de validade da MP que alterou pontos da nova lei trabalhista termina nesta segunda

    Termina nesta segunda-feira (23) o prazo de validade da medida provisória que regulamenta pontos da nova lei trabalhista, em vigor desde novembro do ano passado. Especialistas ouvidos pelo G1 divergem sobre o que será feito com os contratos firmados durante os mais de cinco meses de vigência da medida provisória.

     

    Medidas provisórias têm força de lei ao serem editadas pelo governo, mas deixam de vigorar se não forem votadas pelo Congresso dentro do prazo de validade. Como o Congresso não votou, as alterações que a MP introduziu não terão mais efeito. Veja abaixo o ponto a ponto do que muda sem a medida provisória.

     

    medida provisória foi editada pelo Palácio do Planalto em novembro do ano passado, após negociações para que o texto da reforma trabalhista fosse aprovado com rapidez no Senado.

     

    Um acordo articulado pelo líder do governo, senador Romero Jucá (MDB-RR), previu a edição pelo governo da MP, contendo as mudanças defendidas pelos senadores na reforma trabalhista.

     

    Em troca, os senadores aprovaram o texto da reforma sem modificações, que, se fossem feitas naquele momento, exigiriam o retorno da proposta à Câmara para nova apreciação pelos deputados e atrasariam a entrada em vigor da nova lei.

  • Paulo Câmara entrega equipamentos e fortalece agricultura familiar em Pernambuco

    O governador Paulo Câmara entregará, nesta segunda-feira (23.04), 15.550 kits com equipamentos para a estruturação de ações produtivas para a agricultura familiar de 87 municípios de Pernambuco beneficiadas pelo programa Pernambuco Mais Produtivo. O caráter produtivo faz parte do Programa Segunda Água (Cisternas Calçadão), financiado com recursos da União, via Ministério de Desenvolvimento Social. O investimento na ação é da ordem de R$ 22 milhões.

     

    Serão entregues o Kit Roçadeira, que contém roçadeira semi-florestal com itens acessórios (corte de arbustos, capineira e roço),  bota e  óculos de proteção; e o Kit Forrageira, que contém  forrageira com cabo de extensão elétrico de 10 metros.

  • Em Serra Talhada vereador cobra prestação contas dos recursos do FUNDEB

     

    Acontece na noite desta segunda-feira (23), a 11ª sessão ordinária de 2018 na Câmara Municipal de Vereadores de Serra Talhada (CMST), a partir das 20h. Na pauta divulgada pela Mesa Diretora, votação de 02 moções de pesar e aplausos, 03 indicações, 02 requerimentos e 03 projetos de lei.

    Do vereador André Maio será votada a indicação 047, que solicita da Secretaria de Saúde a viabilização de uma ambulância  para atender a comunidade do Jardim, no 4º distrito; de Antônio Rodrigues serão votadas as indicações 048 e 049, que solicitam do governo municipal duas passagens molhadas nos sítios Carnaúba do Ajudante e Saco da Roça, no 4º distrito.

    Será votado o requerimento 014, subscrito por todos os vereadores, que solicita da secretária Educação, Marta Cristina, informações acerca dos recursos mensais do FUNDEB e repasses da Prefeitura Municipal;  e o 018, do vereador Manoel Enfermeiro, que solicita a construção de uma sala de aula e a reforma e manutenção do telhado e pintura da Escola Osvaldo Godoy, na comunidade do Chocalho, 1º distrito.

    A mesa diretora colocará em segunda votação o Projeto de Lei Nº 013/2018, do Executivo, que altera a Lei Complementar Nº 101, de 1º de setembro de 2010, que dispõe sobre a política municipal de atendimento dos diretos da criança e do Adolescente; e os Projetos de Lei Nº 008/2018 e Nº 009/2018, do Poder Legislativo, autoria do vereador Paulo Melo, que denomina as ruas Raimundo Antônio de Souza e Antônio Liobino de Souza, no Bairro Universitário.

  • Enquanto cresce as divergências entre petistas, Marília segue em direção ao enfrentamento com o PSB

    Enquanto cresce as divergências internas, entre as principais lideranças políticas do Partido dos Trabalhadores – PT; entre manter candidatura própria e subir no Palanque da Frente Popular de Pernambuco, liderada por Câmara do PSB; Marília segue alargando os passos e mantendo o discurso de pré-candidata ao governo de Pernambuco.

    Depois de visitar cidades do Sertão, como Serra Talhada, Afogados da Ingazeira, Flores e Sertânia, Marília seguiu para Arcoverde. Na Câmara Municipal de Vereadores, a vereadora do Recife participou de um ato em apoio a sua pré-candidatura ao governo de Pernambuco.  

    Ao lado de Marília, estiveram Teresa Leitão, deputada estadual, Carlos Veras, presidente da CUT, Verones Carvalho, da direção estadual do PT, Maria José, presidente do partido na cidade, Drailton Moraes, secretário municipal do PT, Mônica Martins, ex-vereadora de Itaíba, Vanderson, do MST de Ibimirim, e Alcindo Correia, vereador de Garanhuns.

  • Prefeito de Jaboatão dos Guararapes tem carro e celular roubados no Grande Recife

     

    O prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PR), prestou queixa na polícia neste sábado (21) após ter sido vítima de um assalto no distrito de Bonança, no município de Moreno, no Grande Recife.

     

    Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, quatro homens armados levaram o carro e o celular do político, por volta das 8h30.

     

    Anderson Ferreira voltava sozinho de uma viagem ao interior quando parou o carro para tomar café da manhã em um restaurante localizado às margens da BR-232. Ao sair do local, ele foi abordado por um grupo, que anunciou o assalto. A queixa foi prestada na Delegacia de Moreno.

  • Duque evita confronto com Humberto Costa: Estou cumprido meu papel

    Imagem: Júnior Campos/arquivo

    O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque do Partido dos Trabalhadores – PT, principal cabo eleitoral de Marília Arraes, não quis comentar as declarações do Senador Humberto Costa, do mesmo partido.

     

    Ontem, sexta (20), o senador petista reafirmou o seu desejo por uma aliança com Palácio do Campo das Princesas, pela reeleição de Paulo Câmara (PSB), visando sua manutenção no senado da república.

     

    Procurado pelo blog, Duque disse que não iria se manifestar até que o partido tome uma decisão. O silêncio de Duque é parte de um acordo firmado, quando esteve com o presidente Lula, em 8 de março do mês passado. “Estou cumprido meu papel”, disse Luciano a Júnior Campos

     

    Como o blog adiantou, o PT decidirá no dia 12 maio se terá candidatura própria ou não. 

  • Paulo Câmara destaca necessidade de um planejamento a longo prazo para o Brasil

    O governador Paulo Câmara participou, nesta sexta-feira (20.04), do Seminário LIDE, principal momento de discussão do17º Fórum Empresarial, promovido pelo Grupo de Líderes Empresariais. Considerado como o maior evento corporativo do Brasil, a iniciativa aporta em Pernambuco pela primeira vez em nosso Estado, reunindo cerca de 300 empresários relevantes do País, além de diversas autoridades políticas nacionais.

    Com o tema Democracia e Competitividade, o evento objetiva promover debates sobre democracia, economia, gestão empresarial, política e responsabilidade social. A programação do Fórum segue até amanhã (21.04), no Sheraton Reserva do Paiva Hotel, no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife.

     

    "É um evento muito importante. Quero parabenizar todos que fazem o LIDE por essa oportunidade de trazer um debate tão qualificado para Pernambuco, com pessoas de todo o País, que vieram discutir o futuro. O Brasil precisa de muita discussão e reflexão.

     

    É preciso discutir o futuro, criticar, ouvir sugestões, e o LIDE faz esse papel, com debates de alto nível, qualificados, chamando importantes setores da sociedade que geram emprego e renda. Tudo isso em um ano importante, de eleição, em que as pessoas precisam realmente discutir e definir estratégias para o futuro. O Brasil precisa de estratégias que não sejam apenas de curto prazo, mas de médio e longo prazo. Então, o LIDE cumpre seu papel de promover essas discussões importantes e fundamentais", ressaltou o governador, que esteve acompanhado do prefeito do Recife, Geraldo Julio.

     

    Dentro da agenda relacionada à economia, gestão empresarial, política e responsabilidade social, o seminário abordou três painéis: A era reformista; Competitividade e emprego; e Fortalecimento das instituições. Os debates têm como objetivo melhorar as questões primordiais para o Brasil, através da troca de experiências exitosas entre as diversas lideranças presentes, de todas as áreas, atuando como uma importante oportunidade de interação, ponto de discussões e de busca de alternativas de construção para o futuro do País.

  • Preocupado com o futuro do PT em PE, Humberto Costa (PT) defende aliança com Câmara (PSB)

     

    O senador, Humberto Costa do Partido dos Trabalhadores - PT, não se intimidou em reconhecer o momento de fragilidade da legenda e sustentar sua vontade em voltar ao compor o palanque da Frente Popular de Pernambuco, liderada pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara do PSB.

    O posicionamento do senador petista tem contrariado, por exemplo, o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque do mesmo partido que, tem encampado de forma pujante, o nome de Marília Arraes para disputar a cadeira de governadora de Pernambuco, em um confronto direto com Câmara.

    Em entrevista nesta sexta-feira (20), ao comunicador Anderson Tennens o senador em uma fala mais decidida, explicou os motivos de sua inclinação em direção ao palanque do PSB e os motivos que o move a não falar a mesma língua que Duque e Marília.

    “O PT precisa buscar o que for melhor para o partido nacionalmente e em Pernambuco. No Estado, nos sofremos muitas perdas. Perdemos João Paulo que era nossa principal liderança política. Diferentemente de outras pessoas que acharam que até foi bom, achei uma perda irreparável pra nós”, disse o petista.

    Sem esconder o desalento pela baixa sofrida, com a ida do ex-prefeito do Recife para o PCdoB, em uma articulação liderada pela deputada federal Luciana Santos e o ex-prefeito de Olinda, Renildo Calheiros, ambos do PCdoB; Humberto só consegue enxergar a retomada do crescimento da legenda em Pernambuco, se for firmada uma aliança com o Palácio do Campo das Princesas.

    A tese de Humberto se encontra com o posicionamento contrário de Duque, que já chegou a declarar que não se pode pensar em projetos pessoais e foi o que o senador, ressaltou hoje, ao falar para os ouvintes da Rádio FM.

    “... é mais fácil se nós fizéssemos uma aliança. Em uma candidatura própria a possibilidade de se eleger um Senador é muito pequena”, disse.

    Na mesma entrevista, Humberto desqualificou as pesquisas realizadas no interior, ao mesmo tempo asseguro que, pesquisa em Recife é diferente das outras divulgadas e que vai contratar outro instituto de pesquisa, chegando a citar o Vox Populi.

  • Oposição dividida sobre definição da chapa

     

    Na iminência de definir a composição da chapa visando à campanha estadual, o grupo de oposição Pernambuco Quer Mudar se depara com muitas incógnitas. Além das indefinições de cenário nacional e do imbróglio jurídico do MDB, o grupo está à espreita das demais candidaturas estaduais e diverge sobre se adia ou não o anúncio da composição da chapa, antes prevista para o final de abril. 

     

    No primeiro momento, a oposição disse que anunciaria até o final deste mês. Agora, cogita adiar, mas isso não é consenso. O senador Armando Monteiro Neto (PTB) ponderou que segurar o anúncio poderia ajudar na atração de novos aliados, como os Ferreira, por exemplo. “Não há necessidade de fechar agora”, disse. Já o deputado federal Bruno Araújo (PSDB) destacou que o anúncio está mantido para ocorrer ainda no mês de abril.

     

    A declaração do senador Humberto Costa (PT) destacando que a postulação do ex-presidente do STF, Joaquim Barbosa, seria um “empecilho para algumas alianças locais” entre PSB e PT acendeu o alerta em parte do grupo para segurar o anúncio. E, consequentemente, jogou luz à candidatura da vereadora do Recife, Marília Arraes (PT), que é vista como uma ameaça pelo Palácio do Campo das Princesas.

     

    Nos bastidores, o bloco desejava que surgisse uma terceira postulação para levar a eleição ao segundo turno. Neste sentido, a candidatura de Marília era vista com bons olhos pela oposição. Entretanto, um novo personagem entrou em jogo, o Coronel Luiz Meira (PRP), que atenderia aos interesses, visto que ele teria uma inserção na Polícia Militar. Uma fonte ligada ao grupo destacou que, diante disso, Marília era mais necessária antes do que é agora.

     

    Mas a postulação da petista ainda influencia, diretamente, na composição da chapa. Em avaliações internas do grupo, Marília estaria posicionada à frente de alguns membros, o que seria um balizador para as escolhas. “Está parecendo que a candidatura de Barbosa ganha corpo e isso terá reflexos na aliança. Estamos nos preparando para dois cenários. Com duas candidaturas de oposição ou somente a nossa. Não escolhemos cenário, trabalhamos com a realidade. Não fazemos esse cálculo. Estamos preparados para enfrentar o cenário que for”, declarou o petebista.

    Com informações de Carol Brito

  • Em Serra Talhada, Duque, Marília e agricultores homenageiam, o saudoso Manoel Santos


    Serra Talhada celebrou, hoje, quinta (19), no marco zero da cidade o Dia Municipal das Trabalhadoras e dos Trabalhadores Rurais.

     

    O ato ficou marcado pela “emoção e pelo carinho que as pessoas tinham pelo nosso querido e saudoso companheiro Manoel Santos, o Mané de Serra, a quem homenageamos”, disse o prefeito Luciano Duque (PT), que prestigiou o ato comemorativo, ao lado da vereadora do Recife, Marília Arraes, a prefeita de Calumbi, Sandra da Farmácia, Carlos Veras, presidente da CUT, Doriel Barros, presidente da FETAPE e Tássio Bezerra, prefeito de Santa Cruz da Baixa Verde.

     

    Respeitado por onde passou, Manoel deixou amigos e seguidores da sua luta e dos seus ensinamentos, e o seu legado jamais será esquecido.

     

    Duque ainda ressaltou que, “nesta data, 19 de abril, fizemos esta singela homenagem, e nela celebraremos, todos os anos, a força do homem e da mulher do campo, que produzem o pão que chega a nossa mesa”.

     

    Já a pré-candidata a governadora, Marília Arraes, em tom de quem avançar rumo ao Palácio do Campo das Princesas, disse que “o ato ecumênico de hoje é o primeiro de uma série de compromissos no Sertão Pernambuco”.

     

    Marília também destacou a história de luta de Manoel Santos, lembrando de suas conquistas sociais do povo sertanejo e à luta por um vida mais justa para os agricultores e trabalhadores rurais.

     

     

  • Nome de Marília Arraes (PT) deverá ser oficializado como pré-candidata a governadora, em 12 de maio

    O Partido dos Trabalhadores – PT em Pernambuco, já definiu o rumo mirando o processo eleitoral do ano em curso e consequentemente a cadeira de Paulo Câmara do PSB.

    A militância petista e suas lideranças vão realizar um encontro em Recife, no dia 12 de maio, para definir quem será o pré-candidato ao governo de Pernambuco.  

    A vereadora do Recife e Neta de Arraes, Marília Arraes é tida como favorita e tem o apoio de uma ala de peso da legenda; a exemplo do Prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, à frente da maior cidade governada pelo Partido dos Trabalhadores em Pernambuco.  Além de Duque, cerca de 80 (oitenta), diretórios de todo território pernambucano defendem o nome de Marília.   

    A agenda, segue o calendário partidário nacional ao local. E as prévias deverão ser realizadas entre os dias 5 e 20 de maio. E no dia 12, Duque e mais uma constelação de petistas vão pressionar a sigla, presidida por Bruno Ribeiro, para oficializar a pré-candidatura da vereadora do Recife.

  • RF-4 nega último recurso de Lula no caso do triplex em Guarujá

    último recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) foi negado nesta quarta-feira (18) em Porto Alegre. Os desembargadores da 8ª Turma mantiveram a condenação de 12 anos e um mês de prisão, da decisão de 24 de janeiro, no caso do triplex em Guarujá (SP). Lula está preso desde 7 de abril em Curitiba.

    "Depois de analisar todas as ponderações da defesa, é manifesta a inadmissibilidade dos embargos. Não se pode que a defesa busque rediscussão de aspectos já julgados", declarou o juiz Nivaldo Brunoni em seu voto. Os desembargadores Victor Laus e Leandro Paulsen o acompanharam na decisão.

     

    O advogado Cristiano Zanin pediu, no começo do julgamento, que o recurso fosse julgado pelo desembargador João Pedro Gebran Neto, relator da Turma, que está de férias. Quem o substitui é Brunoni. Esse pedido da defesa também foi negado.

     

  • Aumento da conta de luz preocupa Danilo Cabral

    A reunião de hoje (17), da Comissão que discute o PL 9463/18 - Projeto de Lei que trata sobre a Privatização da Eletrobrás e de suas subsidiárias, foi marcada por fortes debates e questionamentos da oposição. O aumento da tarifa da conta de energia elétrica como consequência da privatização foi um dos temas mais discutidos da Audiência Pública promovida pela Comissão. De acordo com o deputado federal Danilo Cabral (PSBPE), a população não tem mais condições de lidar com esses aumentos e o Governo precisa dar explicações. "O Governo deve explicar as consequências desta venda a esta Casa e, sobretudo, aos brasileiros.

    O parlamentar, que também é presidente da Comissão em Defesa da Chesf, também voltou a cobrar posicionamento do Governo sobre a situação do Rio São Francisco. "Temos a preocupação de que a transposição seja resolvida. A água e a energia estão preservadas neste debate ? Hoje mesmo foi publicado relatório da Controladoria Geral da União, já identificando fragilidades quanto ao impacto do custo da energia", argumentou.

    Danilo cobrou novamente a presença do Ministro de Minas e Energia, Moreira Franco. O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior também foi convidado a participar das discussões. 

    A segunda Audiência Pública promovida pela Comissão será realizada amanhã (18), e pede a convocação do ex-presidente da Aneel e representante do Coletivo Nacional dos Eletricitários, Nelson Hubner; Fabíola Antezana, representante do Coletivo Nacional dos Eletricitários; Gustavo Teixeira, representante do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos; Dorival Gonçalves Júnior, professor da Universidade Federal de Mato Grosso; Luiz Alberto Rocha, doutor em Direito Público da Universidade Federal do Pará; e Joel Kruger, presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia.

    Requerimentos -  Na última quarta-feira (11), o presidente da Comissão especial que analisa o PL de venda da Eletrobrás, Hugo Motta (PRB/PB) propôs a aprovação dos requerimentos, visto que já estava na quinta reunião do grupo sem haver nenhuma deliberação. Os outros 108 requerimentos devem ser votados nas próximas reuniões deliberativas. O deputado Danilo Cabral ressalta que a oposição continuará pressionando o Governo, visto que apenas seis audiências públicas estão propostas no Plano de Trabalho apresentado, enquanto existem inúmeros outros requerimentos solicitando audiências.

  • Duque descarta levar Caravana para visitar Lula em Curitiba, mas adianta que irá em maio

    Conversamos, ontem, terça-feira (17), em Afogados da Ingazeira, com o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT). Foi o nosso primeiro contato pessoal com Duque, após a prisão do presidente Lula do mesmo partido.  Lula está encarcerado na sede da Polícia Federal em Curitiba e em Pernambuco, Duque tem sido a principal estrela do PT, ao ecoar um coro em defesa da pré-candidatura da vereadora do Recife e neta do saudoso governador, Miguel Arraes, que para o gestor da capital do xaxado deverá ter o seu nome escolhido pela legenda para a disputa direta com Paulo Câmara (PSB), atual governador de Pernambuco.

    Quando perguntamos ao prefeito, como estavam as discussões em torno da pré-candidatura de Marília, Duque detalhou:

    “Marília está vindo dia 19 agora. Vai ter a missa do dia do agricultor que será em homenagem ao companheiro Manoel Santos e neste mesmo dia teremos uma série de atividades, com feira para agricultura familiar e a companheira Marília Arraes tá vindo mais uma vez para Serra Talhada, aqui para o Pajeú, e creio que, ela irá passar por Flores, Afogados, Carnaíba...ela vai fazer uma agenda nos dias 19 e 20 na região”, adiantou.

    Quanto ao senador, Humberto Costa, Apontado como um dos  entusiastas entre uma aliança entre o PT e PSB, Luciano Duque revelou que tem conversado com o senador, para que o partido se incline para pré-candidatura da prima de Eduardo Campos.

    “Eu conversei com Humberto e reuni o nosso grupo em Serra Talhada e estamos unidos, no sentido de uma candidatura própria e apoio a pré-candidatura de Marília”, disse.

    Na ocasião perguntamos a Luciano se não pretendia organizar uma caravana para visitar o presidente em Curitiba.

    “Vamos discutir mais frente. Existe um pleito de transferência de Lula para São Paulo, vamos aguardar um pouquinho mais ai. Estamos vivendo um momento difícil nas prefeituras, à crise de custeio está pegando todo mundo e eu estou muito preocupado como a governança local. Sei que se avizinha um pleito para governador, presidente... estamos aguardando mais um pouco para realizar esta viagem para Curitiba. Caravana tem um custo e não sei se vai ser possível fazer isso não”, explicou completando:

    “Mas eu pretendo ir no mês de maio, estou vendo uma data na minha agenda, por que neste mês de maio é mês de aniversário da cidade e teremos vários eventos acontecendo em Serra Talhada, como inaugurações  e ordem de serviços. Agora, nossa preocupação é com o Partido dos Trabalhadores, espero que o partido nos escute e junto com os companheiros possamos entender que o partido tenha protagonismo e que precisa disputar o processo. O momento de afirmação do partido”, disse Duque reforçando o seu desejo que o partido marche com Marília em direção ao Palácio do Campo das Princesas. 

  • Cimpajeú: Prefeitos fecham acordo para realização de concurso público em data única

    Prefeitos ligados ao Cimpajeú após reunião extraordinária. Imagem: Júnior Campos

    Prefeitos ligados ao Cimpajeú – Consórcio de Integração dos Municípios do Pajeú estiveram reúnidos nesta terça-feira (17), na sede da entidade, no município da Afogados da Ingazeira. O encontro extraordinário entre os gestores do Pajeú tratou da realização de um concurso público conjunto, terceirização e nova legislação trabalhista.

    Marconi Santana,  presidente do consorcício sugeriu a realização de um concuro público com  data única entre os municípios consorciados.

    Na ocasião, João Batista, prefeito de Triunfo, provocado pelo prefeito Manuca de Custódia, no moxotó, esclareceu sobre a terceirização e a necessida de se realizar o certame.

    “Empresas não são obrigadas a realizar o concurso público, diferente do ente público. E a não realização, fere o princípio da Constituição que é, realizar o concurso”, explicou o gestor.

    No entanto, após um longo período de discussão, decidiram em dar o pontapé incial, aos procedimento para realização do concurso os prefeitos de Flores, Marconi Santana, Sávio Torres de Tuparetama, Anchieta Patriota de Carnaíba, Lino de Ingazeira, Djalma de Solidão e Mário da Caixa de Betânia.

    “Nossa previsão é lançar o edital em maio e realizar as provas em novembro deste ano”, disse Marconi Santana.

    Presentes: Luciano Duque - Serra Talhada, Zeinha - Iguaraci, Sávio Torres - Tuparetama, Tião Gaudêncio - Quixaba, Djalma - Solidão, Anchieta Patriota - Carnaíba, Sandra da Farmácia - Calumbi, Manuca - Custódia, Mário da Caixa - Betânia e Lino de Ingazeira e José Patriota, Presidente da AMUPE e Prefeito de Afogados da Ingazeira.