• Duque comemora chegada das águas do ‘Velho Chico’ destacando Lula e cobrando inauguração a Temer

    Lembro quando a Presidenta Dilma esteve em Serra Talhada para inaugurar a adutora do Pajeú, que trouxe água do Velho Chico para a nossa terra evitando um colapso no abastecimento, e trabalhadores das outras cidades da região pediram para que ela estendesse o projeto de modo a alcançar os demais municípios pajeuzeiros, cruzando o Estado até chegar à Paraíba. E foram atendidos.

    Paralelamente, a transposição avançava através dos canais que cortavam a caatinga do nosso sertão, levando esperança para centenas de milhares de pessoas. E hoje, aquele sonho antigo vai virando realidade e a água está chegando onde a seca castigava.

    Por isso é preciso ter a grandeza de reconhecer que recebemos a maior riqueza que o povo sertanejo pode ter: Água para produzir e matar a sede. Água que traz esperança e bonança. Água, que é sinônimo de vida.

    Sou muito grato por esse grandioso e audacioso projeto iniciado pelo presidente Lula, não apenas pela sua dimensão física, mas, principalmente, humana; que está fazendo brotar esperança e devolvendo ao sertanejo a alegria de ver a água jorrando e alimentando os sonhos desse povo que não foge à luta!

    E reitero o que disse durante a visita do presidente Michel Temer a Serra Talhada: toda grande obra é feita por muitas mãos, e esperamos que em breve tenhamos a inauguração de toda a extensão da Transposição do Rio São Francisco, e consequentemente, o inicio de um novo e histórico período para o semiárido nordestino.

  • CMST sofre mudanças. Zé Raimundo se despede, faz apelo aos colegas e justifica chamado de Duque

    Agora é o oficial. O vereador Zé Raimundo do PTC deixa o assento na Câmara de vereadores de Serra Talhada, para ocupar a cadeira de Secretário de Transportes no governo Duque do PT. O requerimento foi votado na última terça-feira (21), em sessão extraordinária.

    Com a saída de Zé, o suplente de vereador, Edmundo Gaia do PSD, com 1003 votos contabilizados no último pleito, volta ao parlamento da Capital do Xaxado.

    Ao se despedir, o novo auxiliar de Duque, não escondeu a inquietação com afirmativa do vereador Antônio de Antenor do PR, de que os vereadores não estão preocupados no que estão votando e sim em levar para casa ‘oncinhas’. Zé ainda fez um apelos aos colegas e justificou o chamado de Duque.

     

    “Aqui não é ringue. Aqui é casa que está para discutir os projetos que vão amenizar as condições necessárias para o nosso por. Aqui nós temos 17 parlamentaras que não podem se diminuir. Fiquei triste, mas a infelicidade... eu conheço Antônio e sei que foi infeliz. Não sou inimigo de ninguém, e a disputa já passou. Estou indo para uma missão, mas sei que poderia ser qualquer um dos que aqui estão, por que todos tem competência pra isso. Estou indo por que o prefeito nos confiou e por que temos já um trabalho na aérea”, discursou Zé.

  • Em ST, academia das cidades ganha poço artesiano com vazão de 1.600 litros de água

    A irrigação correta dos jardins e canteiros existentes nas praças da cidade de Serra Talhada é uma preocupação do Governo Municipal, que realizou na última segunda-feira (20), a instalação do poço artesiano perfurado na Praça da Academia das Cidades do Bairro do IPSEP.

    O poço tem vazão de 1.600 litros de água por hora e servirá para a irrigação dos jardins e canteiros do local. “Além de melhorar o aspecto visual da praça, que terá uma quantidade de água suficiente para a manutenção dos canteiros, com a instalação do poço vamos economizar a água tratada distribuída pela Compesa”, explica o vice-prefeito, Márcio Oliveira.

    A iniciativa faz parte do Programa Mais Água para Nossa Gente, desenvolvido pelo município. O poço foi perfurado e instalado pela Secretaria de Agricultura.

  • Nova diretoria da Amupe é recebida no Palácio do Campo das Princesas

    À frente o presidente José Patriota (PSB), a nova diretoria da Amupe (Associação Municipalista de Pernambuco) foi recebida em audiência nesta quarta-feira (22) pelo governador Paulo Câmara no Palácio do Campo das Princesas.

    Dos 37 prefeitos que integram a nova diretoria, 22 participaram da audiência. Eles apresentaram a pauta da entidade ao governador, que inclui prioritariamente a liberação dos recursos do FEM (Fundo de Apoio aos Municípios) para obras inacabadas.

    “A Amupe tem um trabalho fundamental na articulação e organização dos municípios, sendo um elo entre eles, os poderes governamentais e a sociedade. Nós entendemos a importância da atuação desse conjunto, escutamos com atenção tudo o que foi levantado pelos prefeitos e vamos ajudar naquilo que for possível”, declarou Paulo Câmara.

    Patriota, que é também prefeito de Afogados da Ingazeira, tomará posse no dia 28 de março próximo. Até lá, responderá pela entidade o ex-prefeito de Ingazeira, Luciano Torres (PSB).

    Além de Patriota, participaram do encontro os seguintes prefeitos:

    I- Luciano Torres (ex de Ingazeira e presidente da Amupe)
    II- Luiz Lima (Águas Belas)
    III- Orlando Silva (Altinho)
    IV- Joamy (Araçoiaba)
    V- Madalena Brito (Arcoverde)
    VI- Neide Reino (Capoeiras)
    VII- Manuca (Custódia)
    VIII- Lino Morais (Ingazeira)
    IX- Zeinha Torres (Iguaracy)
    X- Mário Ricardo (Igarassu)
    XI- Maria Sebastiana (João Alfredo)
    XII- Marivaldo Andrade (Jaqueira)
    XIII- João Cruz (Moreilândia)
    XIV- Ricardo Ramos (Ouricuri)
    XV- Osório Filho (Pedra)
    XVI- Tárcio Torres (Parnamirim)
    XVII- Mário Mota (Riacho das Almas)
    XVIII- Joãozinho Tenório (São Joaquim do Monte)
    XIX- Ana Célia Farias (Surubim)
    XX- Edilson Tavares (Toritama)
    XXI- Bruno Japhet (Ferreiros).

    Antes de receber a diretoria da Amupe, o governador prestou homenagem aos policiais militares que trocaram tiros com a quadrilha que assaltou, na véspera, a empresa de segurança de valores “Brinks” no bairro da Estância, no Recife.

    Ele disse que os PMs serão condecorados por “bravura”, distinção prevista no regulamento da corporação para atos de coragem.

    “A Polícia Militar de Pernambuco provou ontem (21) ter muita coragem e determinação. O que os senhores fizeram foi uma ação em favor de Pernambuco e da segurança pública. Acima de tudo, a conduta foi um recado muito claro de que não vamos admitir que isso volte a ocorrer em nosso Estado. Por isso, agradeço à PMPE, representando todos os pernambucanos e pernambucanas, pela ação em favor da segurança da população”, disse o governador ao comando da PM.

    Ferido durante a operação de combate aos criminosos, o cabo Jarbas de Arruda Cordeiro disse estar satisfeito com o reconhecimento por parte do Governo do Estado.

    “Isso nos motiva a trabalhar cada vez mais em prol da sociedade, que é quem tem que ser realmente beneficiada”, disse ele.

     

     

     

  • Por aclamação, Patriota é reeleito na AMUPE

    Um consenso entre a maioria dos prefeitos fez com que José Patriota, prefeito de Afogados da Ingazeira encabeçasse a chapa única para administrar a Amupe no biênio de 2017/2019. A eleição aconteceu por aclamação na Assembleia Geral na sede da Instituição.

    É o terceiro mandato consecutivo do gestor afogadense a frente da entidade.  A vice-presidente é a prefeita de Surubim Ana Célia Farias e o tesoureiro, o prefeito de Triunfo, João Batista Rodrigues. Além de ter a vice-prefeita Ana Célia de Surubim, também tem a Secretaria da Mulher comandada pela prefeita Débora Almeida de São Bento do Una.

    Patriota disse que a principal meta será descentralizar o poder da Amupe para toda a diretoria. “São 37prefeitos de todos os partidos representativos de Pernambuco. Já dividimos tarefas onde cada assunto que temos pela frente está dividido entre os prefeitos”. Ele deu como exemplo, João Batista, de Triunfo, que tratará da captação de recursos e consórcios. “Em março teremos um dia inteiro de trabalho para planejamento estratégico”.

    Ainda na pauta da Assembleia de hoje, houve balanço e Informes sobre o FEM, balanço da gestão 2015/2017, e apresentação das Perspectivas para o novo mandato da Amupe.

    José Patriota também pretende priorizar em sua nova gestão o debate a nível nacional, com o apoio da CNM, questões como: os Regimes Próprios de Previdência; o Pacto Federativo; o Fortalecimento das políticas de Consórcios Públicos; Saneamento e Resíduos Sólidos; Energias Renováveis; e a qualificação do corpo técnico dos municípios, entre outras questões.

    (*) de  Nill Júnior

  • Vereador diz que não provocou protesto, critica postura de deputado comparando-o com super-herói

    O vereador, Rosimério de Cuca do PMN, em sessão ordinária realizada nesta segunda-feira (20), na Câmara de Vereadores de Serra Talhada, em tom de repulsa, não economizou saliva para desqualificar a fala de Sebastião Oliveira deputado federal licenciado e Secretário de Transportes do Governo de Pernambuco, que avisou que alocaria – em outra obra - os recursos, com assinatura do DNIT - Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, caso os moradores de Varzinha realizassem protesto. Lembre.

    Oliveira ainda disse durante a entrevista, que o coro dos moradores de Varzinha tinha um plano de fundo político, de quem não tinha voto e nem obra para mostrar. A fala do auxiliar de Paulo Câmara do PSB acabou inquietando o parlamentar governista, que ecoou:

    “Deu entrevista no rádio sexta-feira, que realmente me deixou cabisbaixo, me deixou indignado. Eu acredito que não seja a postura de um secretário de transportes dizer um negócio daqueles. Agora, ir pra uma emissora dizer que isso é coisa de quem tirou poucos votos, e coisa de quem não tem serviço prestado e, de querer se amostrar para população? Eu nunca vi dizer que um parlamentar, um vereador eleito fosse a um distrito, reivindicar as coisas que estão erradas, que a população está reivindicando fosse se amostrar não!”, questionou Rosimério e continuou:

    “Eu fui eleito vereador, não pra se amostrar e sim pra mostrar trabalha. Agora ele venha conversar com o povo e der satisfação ao povo, por que ele é o The Flash. Ele chega aqui, pisa e volta pra o Recife que ninguém ver. Essa é a realidade. Fiquei indignado sim. Eu não provoquei protesto em nenhum momento, certo? Agora lá em Varzinha eu falei: Se no dia 4 ou dia 6 não tiver nenhuma máquina para remoção da adutora pode ter certeza, que esse daqui vai ser o primeiro a botar fogo nos pneus na BR. Ele cumpra o que prometeu, e não vá pra rádio dizer asneiras. Isso não é uma coisa, de um secretário de transportes e muitos menos de um deputado federal licenciado”, criticou.

    O deputado tem explicado que o projeto foi readequado. “Quando o projeto foi readequado ele teve que passar por Brasília, e às vezes esse trâmite não acontece”. Sebastião ainda disse que, tem tido a “maior boa vontade do mundo pra resolver o problema” e que já atendeu o primeiro reclame da população.

     

  • OPOSIÇÃO X OPOSIÇÃO EM SERRA TALHADA

    Por: Elton Oliveira

    O líder da oposição, Antônio de Antenor, reclamou que alguns de seus colegas da bancada de oposição ao Prefeito Luciano Duque, votam em projetos que sequer leem na Câmara Municipal de Serra Talhada (CMST), pois estariam mais preocupados em juntar dinheiro para o próximo pleito eleitoral.

    "É o que a gente vê e pode perguntar a alguns vereadores o que foi que eles aprovaram. Tem vereador que não lê (os projetos), que não lê nada! Não lê e aprova! Graças a Deus eu vou ter essa responsabilidade de ler todos os projetos. Inclusive, em dois meses de mandato eu já descobri duas cascas de banana. E aí a gente foi para o embate e deu certo", declarou Antenor.

    Ainda indignado ele criticou seus companheiros dizendo: "Veja só: O governo municipal manda as casquinhas de banana e o vereador não lê e aprova de todo o jeito. Não sabe nem o número do projeto quanto mais o conteúdo! Tem vereador ali, sem querer tirar mérito de nenhum, mas a questão é que tem vereador que diz: 'eu quero saber de projeto, não! Eu quero saber é de fazer oncinha pra daqui há quatro ano ir comprar votos. Então, lamentavelmente, o povo também é culpado por ter colocado aquele vereador na cadeira".

  • A carta de Sinézio, a resposta de Allan a Carlos e os elogios do Ministro ao presidente do Cimpajeú

    CARTA: O vereador Sinézio Rodrigues do PT não aceitou o convite para ser Secretário de Governo da segunda gestão de Luciano Duque do mesmo partido. O parlamentar que andava consultando correligionários e apoiadores de seu mandato para logo tomar decisão; tratou logo de mandar uma carta para Duque colocando um ponto final na questão.

    Na carta, Sinézio questiona e critica a postura do governo, quanto ao Projeto de Lei, que ele afirma te “achatado” os salários dos servidores do Fundeb 40%. Júnior Campos, soube ainda que na carta, o petista lamentou a falta de diálogo e justifica que seria contraditório, aceitar o convite para fazer parte da linha de staff do governo, enquanto os servidores não tiveram o direito do aumento de salário.

    DANDO O TROCO: O presidente do PR em Serra Talhada, o jovem advogado Allan Pereira, não deixou barato as baixas sofridas na base do partido, promovidas pelo ex-prefeito Carlos Evandro do PSB. Numa tacada só, Carlos filiou ao PSB: Dr. Dr. Waldir Tenório, Romério do Carro do Som, Juvenal da Caçamba, Lindomar Diniz, o ex-secretário Israel Silveira e China Menezes. Buscando equilibrar o jogo, Allan atiçou: “Dr. Leirson já é PR”.

    EM INGAZEIRA: O prefeito de Flores, Marconi Santana do PSB ouviu do Ministro de Minas, Fernando Bezerra Filho rasgados elogios pela atuação à frende do Cimpajeú. Fernando disse que ficou “muito feliz de receber em meu gabinete o prefeito Marconi que esteve com vários prefeitos cobrando demandas pra região do Pajeú”.

    JÁ LUCIANO DUQUE: Registrando a passagem do Ministro por Serra Talhada, Duque escreveu em seu perfil no facebook: “é um importante parceiro de Serra Talhada, e sempre que pode vem nos visitar para discutir novos investimentos para o nosso município”.

    ANIVERSÁRIO SOLIDÁRIO: O vice-prefeito de Princesa Isabel, Aledson Moura do PSB comemorou ontem, seu aniversário, levando ao palco montado no centro da cidade, Gabriel Diniz. O político e empresário disse que fará o balanço do que arrecadou ainda nesta segunda-feira.

  • Buscando ser prefeito da zona rural, Márcio Oliveira acompanha perfuração de poço em Caiçarinha

    Márcio Oliveira (PSD), vice-prefeito de Serra Talhada, tem seguido à risca o que prometeu fazer durante o período eleitoral. Por onde passou ao lado de Duque, assegurou que seria o prefeito da zona rural, e de fato tem trocado o gabinete instalado na Avenida Afonso Magalhães por, uma intensa agenda na zona rural.

    Ao lado do Secretário de Agricultura, Zé Pereira do PT; o pessedista acompanhou perfuração de poço no Sítio Barreiros, no distrito de Caiçarinha.

    Para felicidade da comunidade, com 39 metros de profundidade, o poço atingiu uma vazão de 1500 litros de água, por hora, o que já minimiza os efeitos causados pela estiagem na região.

    Para o vice-prefeito, a ação hídrica “vai diminuir a escassez de água na comunidade, e vai ajudar para que as pessoas que residem no sítio Barreiros, como dona Dora, seu Álvaro e o seu filho Cícero, possam continuar produzindo e abastecendo as suas casas”, ressaltou Márcio.

    A ação, está dentro do Programa do Governo Municipal  - Mais Água.

  • Dilma diz que pode disputar eleição para senadora ou deputada

    Fonte: Veja

    Dilma Rousseff parece mais relaxada do que quando estava na Presidência do Brasil. Brinca, repassa a apertada lista de conferências que a aguardam na Europa e nos Estados Unidos e, pela primeira vez, fala de seu futuro político. Destituída em 2016 pelo Congresso, sob a acusação de maquiar as contas públicas, a ex-presidente passa seus dias em Porto Alegre, onde segue obedientemente sua rotina de exercícios físicos e passeios de bicicleta, e só parece perder a paciência quando é consultada sobre o escândalo de corrupção da Petrobras que atingiu seu governo.

    “Eu não serei candidata a presidente da República, se é essa a sua pergunta. Agora, atividade política nunca vou deixar de fazer (…) Eu não afasto a possibilidade de me candidatar para esse tipo de cargo: senadora, deputada, esses cargos”, declarou em entrevista à agência AFP.

  • Número de pessoas pobres subirá de 17,3 milhões para 19,8 milhões entre 2015 e 2017; diz estudo

    Desde 2004, 30 milhões de brasileiros deixaram a miséria. Nos últimos dois anos, entretanto, os índices de pobreza voltaram a subir, como resultado da recessão e da inflação. De acordo com as projeções feitas em um estudo do Banco Mundial, o número de pessoas pobres subirá de 17,3 milhões para 19,8 milhões entre 2015 e 2017. Serão 2,5 milhões de “novos pobres”, na definição do estudo. A parcela dos pobres no total da população, que havia caído para 7,4%, aumentará para 10%.

    Na avaliação do economista Emmanuel Skoufias, especialista em combate à pobreza e coordenador do estudo, a retomada do crescimento econômico deverá voltar a gerar oportunidades de ascensão social para a população mais carente. Ele adverte, entretanto, que a recuperação será sustentável apenas se houver equilíbrio nas contas públicas.

    “A austeridade não é culpada pelo aumento da pobreza”, afirma. “Sem o ajuste nas contas do governo, a pobreza poderia crescer ainda mais no futuro, porque o resultado de finanças públicas desequilibradas seria o aumento da inflação e das taxas de juros – e ambos esses fatores tendem a lesar mais os pobres do que os ricos.”

    CONTINUE LENDO AQUI

  • Luciano dá prazo para secretariado mostrar serviço e avisa: se não conseguir volta para casa

    Logo após realizar a primeira reunião de trabalho e anunciar mudanças na linha de staff do seu primeiro escalão; Luciano Duque prefeito de Serra Talhada pelo PT, ao assinar ordem de serviço para reformar Teatro Municipal, não se acanhou em cobrar do seu secretariado resultados. Em alto e bom tom, o gestor da Capital do Xaxado deixou claro que não admitir inoperância, estabeleceu prazo e acendeu o sinal de alerta para os desavisados.

    “Começamos com teatro, CEU das Artes e não vai ficar nisso, não Domá. Porque se ficar só nisso eu já avisei ontem, você não foi para a reunião, quem não produzir. Isso aqui (ordem de serviço do teatro municipal) é do mandato passado, é sobra, do mandato para frente quem não apresentar o seu planejamento e em dois anos se não conseguir mais coisa volta para casa”, alertou Luciano Duque, justificando que o povo de Serra Talhada exige mais a cada dia”, cravou.

  • Vereador Edmundo Gaia dispara críticas contra colega Pinheiro do são Miguel

    Em entrevista concedida à Rádio Serra FM, o agora vereador Edmundo Gaia deu informações sobre um acordo que envolveu candidatos a vereador da base governista  e mostrou-se incomodado com quem não honrou o pacto.

    De acordo com Edmundo, o acerto era para que vereadores do chapão com competência para assumissem Secretarias cedessem espaço para suplentes assumirem vagas na Câmara.

    O acordo foi bem sucedido e o próprio Edmundo assume vaga na Câmara após o vereador Zé Raimundo integrar o primeiro escalão do governo Duque, na próxima semana.

    O descumprimento de parte do acordo teria deixado "em banho Maria da suplência" nomes como Percival Gomes e Marcos Oliveira. A chance de terem destaque no primeiro escalão na gestão Duque parece ter acabado com a confirmação do novo Secretariado feito nesta semana.

    "Zé Raimundo fez o que acertou. Como o pai, tem palavra", disse Gaia disparando críticas ao vereador Pinheiro do São Miguel, que segundo ele, não honrou o que foi acordado.

    "Ele era um dos que diziam que ia. Fez quase um compromisso como ia. E Pinheiro veio pro grupo porque a gente aceitou", reclamou.

    Edmundo afirmou que "uns que faiaram". 

  • Youtuber pago por temer é notório por misoginia, homofobia e já fez post sobre Dilma de quatro

    O Ministério da Educação irá pagar ao todo R$ 295 mil para bancar vídeos em seis canais no YouTube (Rafael Moreira, Malena, Você Sabia?, Pyong Lee, T3ddy e Rato Borrachudo) para falarem bem da proposta de reforma do ensino médio, recentemente sancionada por Michel Temer. 

    O canal Você Sabia recebeu R$ 65 mil para fazer um vídeo que chegasse à conclusão de que as mudanças seriam positivas para os jovens. O vídeo teve 1,7 milhão de visualizações.

    Um dos responsáveis pelo canal é o youtuber Lukas Marques. Ativo nas redes sociais, Lukas é conhecido por divulgar de racismo, xenofobia, homofobia e misoginia em seus posts. 

    "Como estragar sua noite: imagine a Dilma de quatro pra você. De nada", escreveu o jovem em sua conta no Twitter. O youtuber apagou várias das ofensas, mas os prints sobrevivem na internet. 

     

  • Sebastião diz que se os moradores de Varzinha continuarem perturbando vai tirar o dinheiro da obra

    Em entrevista nesta quinta-feira (17), aos comunicadores Tarcísio e Maciel Rodrigues; o deputado federal licenciado e Secretário de Transportes de Pernambuco, Sebastião Oliveira do PR, ao mesmo tempo em que evitou polemizar, com o vereador Rosimério de Cuca do PMN; que na última sessão ordinária anunciou protestar contra a paralização da obra em torno do perímetro urbano e rodovia federal BR – 232, tocada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre – Dnit; tratou logo de passar o recibo para os simpatizantes do coro em sua direção.

    “Eu não quero nem tratar desse assunto, por que se fosse pra tratar deste assunto a confusão era muito maior. Então, o projeto foi readequado. Quando o projeto foi readequado ele teve que passar por Brasília, e às vezes esse trâmite não acontece. Agora, o dinheiro está lá foi o Ministro Maurício Quintela que nos deu tá certo! Tá feito pra passar em Varzinha. Agora, se as pessoas começaram a perturbar tem outros pedidos. Tem Borborema, tem o acesso do hospital, tem o acesso do Corpo de Bombeiros. Então não tem problema não, se começarem a perturbar...eu estou só dizendo”, alertou.

    Sem esconder a intranquilidade com a situação, Oliveira emendou falando em “maior boa vontade do mundo”, e ainda justificou dizendo que para resolver atendeu as mudanças que foram feitas no projeto, “a pedido das pessoas que estavam lá que não era a maioria”, criticou e acrescentou:

    “Se começar fechando BR, fazendo não sei o que, não tem problema nenhum pra mim, eu pego o dinheiro que estava pra lá, e coloco pra Borborema, boto pra o hospital”, repetiu em tom de ameaça e continuou:

    “Pode interditar BR, chamar a corte internacional. Nós não vamos mudar nossa programação! Eu acho que tem plano de fundo do que está acontecendo aí. Tem gente que não tem obra pra mostrar, tem pouco voto e está querendo aparecer junto à população de Varzinha”, passou o recibo.

    Buscando desqualificar o protesto que deverá acontecer neste domingo (19), Oliveira disse “que aconteceu é que, quando eu fui dá a ordem de serviço em Varzinha, o povo de lá, que não era a maioria, e sim a minoria que está esperneando igual a adolescente, querendo perturbar o assunto”.

  • TCE julga procedente denúncia de vereador e multa ex-prefeito de ST por irregularidades em contrato

    A 2ª turma da Corte de Contas de Pernambuco, à unanimidade julgou nesta quinta (16), procedente a denúncia formulada pelo vereador, já falecido, Cícero Fernandes, contra o ex-prefeito de Serra Talhada Carlos Evandro do PSB.

    O parlamentar, à época, denunciou junto ao órgão de controle indícios de irregularidade na contratação, por parte da Prefeitura, de serviços advocatícios do escritório, Monteiro e Monteiro Advogados Associados, sem procedimento licitatório e de forma antieconômica, mediante simples assinatura de Termo de Adesão ao contrato originalmente firmado pela Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE) com o referido escritório.

    Além de acatar a denúncia, o auditor Marcos Nóbrega, Conselheiro em exercício, ainda aplicou  multa e fez variadas recomendações.

    Imagem: Alejandro Garcia

  • Fachin autoriza nova fase da Lava Jato que pode levar à cassação de Temer

    O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, autorizou a realização de nova fase da operação nesta quinta-feira, 16; batizada de Leviatã, investigação tem foco em suposto pagamento de propina no valor de 1% dos contratos na construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará; segundo a PF, estão sendo alvo de mandados de busca e apreensão casas e escritórios dos investigados; a operação atinge o senador Edison Lobão (PMDB-MA), que tem um filho, Marcio Lobão, alvo da nova fase; ex-senador paraense Luiz Otávio Campos (PMDB) também é investigado; o atual presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Lobão era o ministro de Minas e Energia durante as obras de Belo Monte; ao apurar propinas de 1% no valor da obra para PT e PMDB, essa nova fase contribuirá para a cassação da chapa Dilma-Temer no TSE.

  • O exemplo de Ronaldo Melo, o fim da Sec. de Mulher de ST e o agradecimento de Duque a Temer

    Belo exemplo: Ronaldo Melo (PSB), responsável por coordenar a campanha vitoriosa de Luciano Duque do PT, em Serra Talhada, contra Victor Oliveira do PR. Ao contrário dos que fazem pressão para conseguir uma cadeira do governo petista, ao falar com Júnior Campos, ontem, quarta (15), Melo disse está tranquilo e que estará à disposição de Luciano. “Nossa preocupação não é essa, (ocupar cargo no governo) estamos torcendo para que Luciano continue fazendo uma excelente gestão. Se fomos ou não chamados estamos à disposição do prefeito, seja fora ou dentro do governo e, ele sabe disso”.

    Fim das especulações: A Secretaria da Mulher de Serra Talhada será de fato extinta.A  pasta terá status de Diretoria, vinculada a Secretaria de Desenvolvimento Social e Igualdade Racial, que tem como titular Josenildo André.

    Pauta positiva: Em Triunfo, o prefeito João Batista do PR, mantém o olhar para a classe artística do município. Após lançar o programa que valoriza os artistas triunfenses, João iniciou a discussão para abrir o museu em homenagem ao pintor de renome nacional, Eliezer Xavier.

    Carnaíba: Anchieta Patriota (PSB) comemorou ainda esta semana, a abertura de licitação para pavimentação de 21,38 km estrada que dá acesso ao distrito de Ibitiranga. O pleito de Anchieta junto ao governo de Pernambuco atende a uma reivindicação antiga da população. O valor estimado da obra é de R$ 16.403.432,12.

    Compartilhando: O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), aplaudiu, ontem, o presidente Michel Temer (PMDB) pela decisão de liberar140 mil toneladas de milho, dos estoques do Governo, para salvar o rebanho de pequenos criadores do Nordeste. “Este foi um apelo meu quando Temer esteve aqui em Serra”, disse, destacando também o papel que o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) teve, igualmente, para materializar o pleito dos criadores que, com o prolongamento da seca, estão ameaçados de grandes prejuízos com a morte dos animais.

    Intranquilidade: O presidente do PR de Serra Talhada, o jovem advogado Allan Pereira, ratificou ontem, o que vem pregando o deputado federal licenciado Sebastião Oliveira, de que Duque não será aliado de Câmara nem pelo PR e ou PSB. Segundo Allan, “quando Duque diz que vai ser Deputado é pra provocar Sebastião. E se isso vier acontecer ele precisa escolher outra via, porque pela do Governador eu tenho certeza que ele não será”.

  • Aprovação ao governo Temer cai para 10,3%, mostra pesquisa CNT

    A avaliação positiva da gestão do presidente Michel Temer (PMDB) apresentou queda nos últimos quatro meses e foi para 10,3%, de acordo com pesquisa CNT/MDA divulgada nesta quarta-feira pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) destes, 9,1% consideram o governo como “bom” e apenas 1,2% o avaliam como “ótimo”. O levantamento anterior, divulgado em outubro do ano passado, apontava uma avaliação positiva por parte 14,6% dos entrevistados.

    Já o índice de rejeição ao governo subiu, passando de 36,7% na pesquisa passada para 44,1% – deste total, 17,6% avalia a administração como “ruim”, enquanto 26,5% classificam o desempenho como “péssimo”. Já para 38,9% dos entrevistados, o governo Temer tem tido uma atuação “regular”.

    Em relação à aprovação do desempenho pessoal do presidente, também foi registrada uma queda – de 31,7% para 24,4%. Já o número de pessoas que desaprovam subiu de 51,4% para 62,4%.

    A pesquisa foi realizada entre os dias 8 e 11 de fevereiro. Foram ouvidas 2002 pessoas em 138 municípios de 25 unidades federativas, nas cinco regiões do país. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos, com 95% de nível de confiança.